Resenha # Tempestade de Areia

05:00

“O passado é imutável, mas o futuro depende de nossas escolhas.” Ao pensar que sua jornada chegaria ao fim, Aisling descobre que aquele era apenas o início. Munidos da localização da Fortaleza da Resistência, o exército de Vulcannus avança, ameaçando o sonho de uma Hynneldor livre. Nessa sequência de Línguas de Fogo, Aisling deverá escolher entre voltar para casa com Dharon ou entregar uma importante mensagem à capital de Datillion. Enquanto isso, seus amigos enfrentam antigas lembranças e buscam, uns nos outros, forças para seguir em frente. Muitos perigos e aventura aguardam nessa jornada, que levará o leitor a territórios inexplorados do mundo mágico de Myríade.






 Ficha Técnica:

Livro: Tempestade de Areia- Crônicas de Myríade
Páginas: 307
Editora:Cubo Mágico
Classificação: Excelente



Esta resenha pode conter spoiler do primeiro livro. Esse livro faz parte de um book tour, organizado pelo blog Yume e os Livros 

O livro começa onde terminou o primeiro, nos apresentando uma Aisling mais forte e Dharon cuidando dela e apoiando-a em tudo o que ela decidir.

Logo no início do livro, vemos através de Marian, como ela conheceu Desmond e como perdeu seu grande amor.

Pela segunda vez a Resistência estava sofrendo um ataque e todos, inclusive Dharon e Aisling estavam ali para ajudar.

A Resistência sofreu grandes perdas, fazendo com que Marian a dissolvesse, para preservar aqueles que sobreviveram, mas com a promessa de um até breve.

Dharon e Aisling, Marian e Desmond foram para lugares distintos, cada um com uma missão.

No decorrer da sua tarefa Desmond se aproxima de Marian de uma forma que nunca imaginei. Aisling e Dharon depois de passarem por grandes apuros, se separaram um do outro.

Kendra, a Coronela de Vulcannus, após cumprir sua missão e, Hinneldor e deixar para trás o que seu Rei tinha ordenado em Kantheria, voltou para Vulcannus.

Aisling enquanto estava sozinha, passou por poucas e boas, mas contou com a ajuda de Hart, um rapaz que ela conheceu no barco, na sua ida em busca da cura de Dharon  e de várias outras pessoas.

Desmond e Marian, enquanto percorriam sua missão, encontraram um bebê abandonado, no qual Marian batizou como Emmett.

No decorrer da história, surge Kaled, o único humano no povo de Dat`areh ( deserto ), que teve que se esforçar para ganhar a confiança de todos. Kaled podia contar sempre com seu padrinho Talib e o sobrinho dele Qadir, que se tornou seu melhor amigo.

Kaled era um dos sobreviventes do povo de Datillion, seu pai era um dos guardiões do Rei.


“ Precisava se esforçar para conquistar o respeito dos outros garotos para provar quem era digno de viver na caravana. Agora, com vinte anos, o mau tratamento que recebera há muito deixou de ser uma lembrança importante, permitindo-lhe construir boas amizades”
Página 135



Kaled saiu para a sua ronda e não estava acreditando no que estava vendo, pois após um acontecimento que ele estranhou, indo averiguar o ocorrido, acaba encontrando uma bela jovem desacordada. Essa jovem era Aisling que apareceu  de uma maneira bem estranha, que nem ela soube explicar.

Kaled fica impressionado com Aisling e mesmo relutando muito no início, ele decide ajudá-la, salvando-a de um destino no mínimo cruel, contrariando as ordens do Ancião e de seu padrinho, os responsáveis pelo povo de Dat`areh.

Enquanto tudo isso acontece, Dharon está a procura de sua amiga e se depara com uma situação que se vê obrigado a ajudar e para sua surpresa, nessa mesma vila onde ele se encontra, surge a avó de Aisling.

Kendra finalmente chega na capital de Vulcannus e tem uma surpresa nada agradável, mas quando se reencontra com o Rei, ele fica satisfeito dela ter cumprido o que lhe foi ordenado.

Marian,  Desmond e o pequeno Emmett, seguem viajando para Raadrã, por causa de informações de que tem moradores lutando por aquela terra, mas quando chegam lá se deparam com uma situação caótica, onde encontram a avó de Aisling em uma situação terrível, Dharon sumido e seu cavalo no local. A avó de Aisling temendo o pior, entrega um objeto para Marian dar a sua neta.


“ Ali na frente a seus olhos, encontrou uma relíquia perdida no tempo. Uma joia de valor inestimável, que jamais sonhara ter a honra de contemplar....”
Páginas  212/213




Para surpresa de todos, Aisling, Marian, Desmond, Kaled e os outros se encontraram a caminho de A`hassunah a capital de Datillion.

Finalmente eles chegam ao seu destino e são recebidos pelo rei, então Aisling lhe entrega o pergaminho, como prometeu que faria.

A`hassunah, estava para ser atacada por Vulcannus e todos se juntaram para a batalha.


Eles venceram a batalha? Onde está Dharon?

Só lendo para saber!

Eletrizante do início ao fim!


Opinião:

Na continuação de Línguas de Fogo, vemos o amadurecimento da escrita da autora, ela melhorou o que estava ótimo, na minha humilde opinião.

O enredo continua fascinante, com a riqueza de detalhes que a autora nos apresenta a história, ela consegue me fazer  viajar pelos reinos de Myríade, uma hora como  integrante da Resistência, outra  como integrante do exército de Vulcannus. Uma experiência maravilhosa!

Os personagens são muito bem construídos, fazendo-me visualizar cada um deles e todos tem características bem marcantes.

Aisling amadureceu bem e agora sabe os segredos que rondam sua família e origem. Com a ajuda de Kaled ela vai em busca de seu amigo Dharon.

Dharon continua guerreiro, não foge de uma batalha, lutando por aquilo que acredita.

Kaled, conhecemos ele nesse volume, é um guerreiro atrás de vingança, que muda muito após conhecer e se apaixonar por Aisling.

Marian, contunua com o mesmo jeito de ser, mostrando-se forte, mas sendo muito sensível, ela continua usando sua força para lutar em prol da Resistência, até que algo acontece.

Desmond, o mago do ar e do fogo, fará de tudo para continuar com a luta da Resistência.

Kendra, a Coronela, está ainda mais terrível, mas vemos que tem um coração por causa de uma pessoa.

Fiquei bem triste com o rumo de alguns personagens, eu não acreditei quando li aqueles desfechos, totalmente triste.

Um ponto que gostei muito, foi a narração intercalada dos personagens. Sempre falo que é um tipo de narrativa que adoro, pois adoro saber cada ponto de vista.

A diagramação está perfeita, com desenhos maravilhosos, mapas que me fascinaram.  Não encontrei nenhum erro de revisão.

Algumas pontas soltas nessa história foram resolvidas, mas outras surgiram, para o meu desespero, pois terei que esperar  ansiosamente pela continuação.

Que venha Fração de Segundo!




You Might Also Like

17 leitores apaixonados❣️

  1. Oie.. Mi!
    Confesso que fiquei perdida, pois não li nem o primeiro na verdade nem conhecia. Parece ser bem legal. Parabéns pela resenha.
    Bjus
    Juh - Surtos Da Juleka

    ResponderExcluir
  2. Eu sou mega fã dessas narrações intercaladas. E somente autores que tem realmente muita ligação com seus personagens tem capacidade de fazer algo do tipo.
    Parabéns pela resenha, bem completa e bem instigante!
    Nunca tinha ouvido falar do livro e gostei muito do que me foi apresentado :D

    Beijos,
    Le Lançanova
    Palácio de Livros

    ResponderExcluir
  3. não sou muito de ler, mas parece ser muito legal.
    beijos
    http://beautyoftherockers.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi, tudo bem?
    Essa resenha ficou bem grande e bem elaborada.. com mais detalhes, mas sem spoilers... na minha visão é claro. Como eu não tive muito interesse na leitura dessa série, prefiro ler as resenhas que vc está fazendo por aqui e essa ficou bem legal. As coisas começaram a esquentar ainda mais nesse livro né.... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Já ouvi falar muito bem do primeiro livro, mas ainda não li nada sobre ele... Sua resenha descreveu bem o livro, mas preciso saber mais sobre o primeiro.
    Beijinho.

    http://rotinadafelicidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Mila!

    Não conhecia essa série, mas a história parece bem interessante. Também gosto de livros com pontos de vista intercalados. A gente se sente mais próximos aos personagens e é sempre interessante saber o outro lado da história.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi eu não conheço essa serie. O que tenho mais gostado dos lançamentos nacionais e o quanto os autores estão caprichando na capa e na qualidade dos seus livros e o livro Tempestade de Areia não ficou para trás nesse requisito o livro tem uma capa muito bela e parece ser bem legal, cheio de aventura.

    Louca Escrivaninha

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia os livros, então fiquei meio desnorteada. Mas parece ser legal, apesar de não fazer o meu estilo favorito de leitura.

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Gosto de livros de fantasia e como nao conhecia a série é uma boa dica de leitura!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  10. Li a pouco tempo o volume 1, e fiquei muito motivada com o enredo. Bom saber que a sequência consegue segurar nós leitores e ainda nos deixarmos com o gostinho de quero mais...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  11. Oieee, eu já tinha visto essa capa em algum lugar, mas não me lembro muito bem, gostei da sua resenha, porem acho que não gostaria do livro, achei que ele deve possuir uma historia muito complexa, e ultimamente estou procurando livros mais leves para ler, abraços

    ResponderExcluir
  12. Mi, eu odeio quando desfechos de personagens me deixam triste! hehe... Mas continuo interessada na leitura dessa série, parece ser ótima!! Por mim, todo mundo podia usar narração alternada, rs, adoro esse recurso!

    Amo livros com desenhos, e com mapas mais ainda!! *-*

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  13. Oii Mi,
    Fiquei muito curiosa com a série, parece ótima. Gosto muito de narrativa intercalada, pois possibilita o leitor ter várias perspectivas e se conectar mais com a história, que parece ser bem intensa.
    Bjs
    Aline Lima
    http://alinenerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oie Mi
    Confesso que parei de ler na parte que você diz que pode ter spoiler do primeiro, e como quero ler Línguas de Fogo preferi não ler.. , por isso li o início e final da resenha.
    Eu já tive o prazer de conhecer a Karen pessoalmente é ela é uma fofa. Leio só resenhas positivas do livro dela.

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Mih!
    Achei bem legal que vc viu um amadurecimento na escrita da autora! Também gostei das narrações intercaladas, é uma forma de ver todos os lados da história e adoro!
    Linda resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. great post & very nice blog!
    what about follow each other?? let me know, I always follow back :))
    www.thegrisgirl.blogspot.com.es
    xoxo from Spain :*

    ResponderExcluir
  17. Eu não li o primeiro livro dessa série então nao pude ler a resenha, pois não gostaria de saber os spoilers, mas achei a capa muito bem trabalhada e adorei que voce deu nota máxima, vou ficar de olho nessa série!
    Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias