12 Anos de Escravidão

06:00


Dados Técnicos
Título Original: 12 Years a Slave
Direção: Steve McQueen
Ano: 2013
Gênero: Drama, Histórico, Biográfico
País: EUA
Duração: 2h13min

Solomon Northup é um famoso violinista negro que vive em uma pequena cidade no Estado de Nova York, nos Estados Unidos, com sua mulher e casal de filhos. Após ser chamado para tocar em um circo,  e, após uma noite de bebedeira entre os novos amigos, Solomon acorda trancado em uma sala, preso por algemas nos pés e nas mãos, e descobre que, a partir daquele momento, seria considerado um escravo - mesmo sendo um homem livre.

Após pouco tempo, aprendeu que não poderia demandar por sua liberdade, ou seria punido. Também percebeu que era melhor não mostrar que sabia ler ou escrever, para que não fosse punido por ser inteligente demais para ser um escravo. 

Ao longo dos anos, Solomon passa por 3 fazendas, ganhando a confiança de seus mestres por ser um escravo praticamente exemplar (mesmo assim, não passou impune pela experiência, sendo punido por motivos pouco relevantes). Trabalhou em construção, cortando cana, colhendo algodão... E viveu situações absurdas: como a de uma mãe que foi vendida separada de seus filhos; de um homem que morreu por defender outra escrava que seria estuprada, entre outras.


É claro que eu não deixaria de falar daquele que ganhou o Oscar de melhor filme, não é? Eu assisti ao filme pouco antes da cerimônia e já sai da sessão com certeza de que levaria a estatueta.

A situação vivida por Northup no filme era, por mais absurda que pareça, comum à época. Muitos negros libertos eram sequestrados e vendidos como escravos. No Sul dos Estados Unidos, a escravidão era comum e muitos encontravam justificativa para tal na bíblia. Durante o filme, inclusive, vemos os donos de escravos tentando catequizá-los, lendo o livro sagrado e até inventando passagens que pudessem aterrorizá-los.

Os escravos eram realmente tratados como coisas. Eles dormiam todos juntos, sem que houvesse preocupação com seu conforto ou bem estar; eram obrigados a trabalhar horas a fio, sem que fossem recompensados por seu esforço; nem sempre tomavam banhos, já que, como eram objetos, não havia tal necessidade. E, é claro, se qualquer coisa fosse feita de modo diferente do que seu mestre desejasse, haveria uma punição. Esta era dada algumas vezes sem justificativa nenhuma, o que piorava ainda mais a situação.

A atuação de todos estava impecável. Chiwetel Ejiofor conseguiu estampar em seu rosto o sofrimento que passava e a vontade de voltar a ser um homem livre, por mais difícil que isso fosse; Lupita Nyong'o fez por merecer, atuando de forma magnifica e merecendo o Oscar que recebeu; Michael Fassbender me amedrontou como senhor de escravos e me convenceu de que tinha absoluta convicção de que aquilo era correto...

A trilha sonora, composta por Hans Zimmer, também foi ótima. Apesar de se assemelhar à de "A Origem" (Inception,2010), ela consegue nos envolver de uma forma que nos emocionamos com a história de Solomon.

O filme foi baseado em um livro autobiográfico de mesmo nome. A história de Solomon Northup fica ainda mais impressionante quando descobrimos que é real. Ele foi um dos poucos homens livres que fora escravizado e conseguiu retornar à liberdade. Depois de ser liberto, passou o resto da vida lutando pelo abolicionismo. O filme realmente mereceu o Oscar!Vale a pena assistir. 

You Might Also Like

12 leitores apaixonados❣️

  1. Oi Mi!
    Esse filme me ganhou quando assisti o Oscar e vi uma cena da Lupita, se não me engano que foi de tirar o fôlego! Ainda não tive tempo de ver, mas é uma das minhas prioridades de filmes com certeza!
    Maravilhoso texto e dica! Adorei o post lindona!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi,

    Esse é um filme que eu quero muito assistir, desde de que ganhou o Oscar de melhor filme, fiquei curiosa pra saber o que de especial, esse filme tinha, e pelo que li, ele é um filme muito forte, vou procurar saber muito mais sobre, o filme, e também quero ler, o livro, também fiquei mega curiosa.

    Mayla
    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ouvi falar muito bem deste filme. Como ainda não assisti foi muito bom poder ler a sua resenha e assim ficar sabendo do que realmente se trata a história.
    Assim que possível irei conferir este filme que tanto lhe agradou.
    Bjus
    Lia Christo
    www,docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não vi o filme ainda com a esperança de ler o livro primeiro, mas o pouco que pesquisei para dar meu chute no Oscar, já me conquistou! As cenas, o contexto, o fato de ser baseado em uma história real... Acho que foi totalmente merecido o prêmio de melhor filme, e melhor roteiro adaptado! Estou ansiosa para ler e ver \o

    ResponderExcluir
  5. Impressionante, todo mundo que viu esse filme antes do Oscar acreditou que ele seria o ganhador. Deve ter sido mesmo merecido. Tem coisas que acho que nunca conseguiremos entender, né? Como a escravidão. Tratar as pessoas como objetos é algo que não entra na minha cabeça (apesar de isso acontecer de outras formas hoje em dia, mas isso daria um longo texto... rs...). Que bom que os atores se saíram bem e que a trilha sonora está legal. Seu eu for assistir, vou querer ler o livro antes. Mas não estou muito no clima pra isso no momento...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi,
    tudo bem?
    Desde que eu descobri esse filme na cobertura do Oscar, quis ver. Já assisti e não me arrependo. Quando você acha que o homem já fez de tudo, ele vem de novo e te surpreende, infelizmente, no caso do filme foi para pior. E realmente, a atriz mereceu ganhar oscar de melhor coadjuvante.
    Beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi!
    Eu me emocionei muito com esse filme. Saber que foi real, tudo o que esse homem viveu, que experiência terrível, mas o pior é saber que pessoas faziam isso com outras pessoas, sabe escravidão é uma coisa qual a qual nunca me conformei, nem quando estudava na escola, nem hoje, num nunca, é horrível, o que faz alguém se julgar melhor que o outro? a cor da pele? o sexo? o dinheiro?
    É um filme incrivel com ótimas atuações e acho que mereceu sim o oscar, eu amei, achei que o filme tem grande sensibilidade. Não me contive qndo ele reencontra a familia, desabei, rs.

    Bjs

    Aline Lima
    http://alinenerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Andreia, tudo bem?
    Menina só estou lendo e vendo na net elogios ao filme. E assim lendo sua resenha eles não são ditos em vão, mas sim a verdade.
    Ainda não assisti ao filme, mas já marquei o nome aqui e vou procurar por ele, pois quando se trata de uma historia verídica, seria um absurdo não procurar, saber e assistir para a real historia e o sofrimento de Salomom.

    Parabéns pela bela resenha do filme!

    Beijokas Ana Zuky

    http://www.sanguecomamor.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Cara, eu estou para assistir esse filme a um tempo. E depois do Oscar eu fiquei ainda mais ansioso, mas e o tempo? Tem? Não! Mas eu juro que ainda essa semana - talvez hoje - eu assista! Como eu não assisti não tenho como falar sobre o filme, mas pelo o que li e pelo que vi nos trailers, parece ser muito bom. E os oscars merecidos! Abraços!

    http://momentoliterario1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nossa, esse filme é tudo de bom. Não foi a toa que ganhou o Oscar. tudo bem que eu estava torcendo por Gravidade no dia, mas ele mereceu do mesmo jeito. E a de melhor atriz também, viu como ela foi incrível? Vale muito a pena.

    terradefagulhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Concordo com vc qnd diz que é mt impressionante quando a gnt se toca de que essa é uma história real, que todas essas injustiças realmente aconteceram com alguém e com muitos outros negros que não tiveram o mesmo destino feliz que Solomon teve. Achei que o filme teve muitos pontos altos e nunca duvidei que fosse ganhar o Oscar, mas tb n acho que o filme tenha sido 100% perfeito.

    ResponderExcluir
  12. Olá, eu gostei bastante do seu comentário sobre o filme, mesmo antes de ganhar o Oscar ele já tinha me chamado a atenção e estes é um dos filmes que está no topo da minha lista. Não vou dar muitas opiniões por não ter assistido ainda, porém tenho grandes expectativas em relação ao mesmo !!
    Beijos, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias