Resenha # A Linhagem

16:22

Londres do século XVIII. A capital da Inglaterra era um dos mais importantes centros do mundo. Vestidos pomposos, elegância e boas maneiras. Um tempo onde as posses e a reputação regiam a sociedade. A igreja possuía poder absoluto e condenava aqueles os quais pesava a suspeita de bruxaria – a arte oculta temida e repudiada pelo senso comum. Nesse cenário intimidador, surge uma mulher especial, com dons inimagináveis. E um destino grandioso... 

Autora: Camila Dornas // Páginas: 334 // Editora: Novo Século // Selo: Novos Talentos // Classificação: Excelente











Resenha 


A história do livro se passa na Inglaterra, no século XVIII, nos apresentando a Evangeline e uma decisão importante que ela terá que tomar no decorrer da história.

Logo nas primeiras páginas, Evangeline estava se preparando para seu noivado, que seria naquele dia e ela já estava atrasada, mas esse atraso não a incomodava, pois ela não queria esse casamento e estava disposta a tudo para não ter homem decidindo por ela.


" Eu estava sendo atormentada por isso nos últimos meses. Todos se achavam no direito de me dizer o quão maravilhoso era me casar com o primo do rei."
Página 10


Evangeline é filha de um dos homens mais poderosos daquela época, Julian Bennett, o Marquês de Winchelsea, seu pai era um homem autoritário e nunca teve uma relação de carinho com sua filha.

Chegou a hora dela conhecer seu noivo, mas quando foi apresentada a ele, teve antipatia imediata, pois ele se achava, era um cara prepotente, mas tinha algo em seu olhar, que não passou despercebido por Evangeline, deixando-a com um mal pressentimento. Nesse mesmo dia, ela conhece duas pessoas que de maneiras diferentes irão mudar sua vida, um deles é Henry, empregado de seu pai, que mexe com ela de uma maneira única e Dorian que sabia do seu segredo, era igual a ela e marcou um encontro para conversarem no dia seguinte.

Antes do encontro com Dorian, Evangeline e Henry são atacados quando voltavam de um passeio, mas o que impressionava era que esses homens não eram comuns e ela se viu obrigada a usar seu poderes para se salvá-los, deixando Henry perplexo com eles, mas mesmo assim ela mantinha a esperança de que ele nunca revelasse seu segredo e sabia que ele faria isso, pois confiava nele apesar de conhecê-lo a tão pouco tempo.


" Oh, meu deus. O pôr do sol. Eu precisava me encontrar com Dorian. Mais do que nunca, jamais imaginei que pudesse haver alguém como eu, e agora que havia descoberto, não podia perder a oportunidade de saber tudo o que podia sobre isso."
Página 83


Dorian em seu encontro com Evangeline, lhe revela que existem várias pessoas como eles e iria levá-la para conhecê-los, principalmente conhecer uma pessoa que pode de alguma forma lhe ajudar, então assim que chega é apresentada a Agatha Greene e lhe é revelado que ela foi a melhor amiga de sua mãe, além dela, conheceu também Gabrielle, Tristan e Thomas sendo os dois primeiros os sobrinhos de Agatha e o último seu irmão e depois de conhecer a todos foi apresentada também a Stephen Green.



" Ainda não sabia como me sentia por estar prestes a jantar em uma casa cheia de pessoas das quais não confiava e nem conhecia e que, aparentemente, também tinham dons, assim como eu, apesar de até aquele momento ninguém ter dado o menos indício de que iriam tocar no assunto..."
Página 104


Enquanto estava na presença deles, descobriu o dom de cada um, mas o que a deixou impressionada foi descobrir através deles sobre o ataque sofrido pelo rei e como ele foi atípico,( igual ao sofrido por ela e Henry) pensou que seu pai não lhe revelara nada, por causa dos seus poderes, achando que fosse coisa dela. Após chegar em casa, ela se depara com Albert, seu melhor amigo lhe esperando e conta tudo sobre o que aconteceu com ela naquele dia e nessa mesma noite recebeu a grata surpresa, a volta de sua amiga Genevieve.

No decorrer da história, Evangeline descobre quem está por trás do atentado ao rei, fica horrorizada e decide que não vai deixar o rei sofrer mais um atendo, conforme descobriu que aconteceria, contando assim com a ajuda de Henry e seus amigos Genevieve e Albert, que concordaram mesmo achando uma loucura.


"... Tudo dentro de mim era uma massa de sentimentos confusos. Dúvida. Medo. Ódio. Tudo isso era culpa dele. Eu precisava viver com cuidado e com medo de ser queimada por causa daquele homem nojento a apenas uma porta de distância."
Página 147


O que Evangeline não esperava era que seu plano fosse sofrer alterações e se sente culpada de colocar Henry, o amor de sua vida, Genevive e Albert ( que nessa altura já estavam mais que envolvidos ) em perigo, mas após passar por todos os perigos ela descobre mais mistérios sobre sua vida.

Final eletrizante!


Considerações

Eu nunca tinha lido um romance histórico e quando resolvi começar, tive uma grata surpresa.

O enredo é muito bem elaborado, nos apresentando uma história fascinante e envolvente. Os personagens foram bem construídos, torci muito por Evangeline e senti uma raiva imensa de seu pai e mais raiva ainda de um personagem que não posso falar, senão teria que explicar e vocês me matariam por causa do spolier.

Evangeline, uma mulher que não se atenta as convenções, forte, decidida, carismática, linda e também teimosa por várias vezes. Ela esconde um segredo de todos, mas somente algumas pessoas tem conhecimento dele. Quando Henry entra em sua vida, descobre o verdadeiro amor.

Henry, ai Henry... Lindo, maravilhoso, romântico que é capaz de tudo para proteger Evangeline.

Albert, amigo de infância de Evangeline, é um mulherengo, rico, mas muda sua forma de ver a vida, quando reencontra Genevieve.

Genevieve, amiga de Evangeline, pintora, impetuosa, sedutora e ajuda sua amiga em tudo!

A narrativa do livro é maravilhosa, conhecemos tudo nos mínimos detalhes, sendo assim apresentados a história, como se estivéssemos nela.

O final deixou um gostinho de quero mais, fiquei doida para saber como ficam alguns personagens mais para frente na história.

Não encontrei nenhum erro de revisão e diagramação.










You Might Also Like

24 leitores apaixonados❣️

  1. Adoro romances históricos. Não conhecia esse livro, mas gostei muito da sua resenha.
    Quero principalmente por saber que o final é eletrizante.

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi
    Eu já A linhagem é gostei muito, como você disse o final foi aquele gostinho de quero mais mesmo. Ah.. eu adoro romances históricos e que bom que sua primeira experiência tenha sido boa. Eu gostei muito da protagonista, do Henry, porém meu preferido foi o Dorian (aquele final...). Enfim, adorei a narrativa da Camila.

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Mih!
    Tbm gostei muito deste livro, queria uma continuação sabe... o que será que acontece depois??? rsrsrsrsrsrsrrs

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, mas gostei muito da sua resenha.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima
    Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  5. Oi Mi, tudo bom?! Sou doida para ler esse livro <3 Só li resenhas positivas até agora. Parabéns pela resenha *-*

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Fiquei com vontade de ler esse livro. Sou apaixonada por qualquer história que seja de época e pela sua resenha eu acho que vou gostar bastante do enredo e dos personagens principais da história. Adorei!

    http://www.laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Mi
    Tudo bom?!

    Sou parceiro da Camila, mas ainda não tive oportunidade de adquirir o livro! Sou fã desse enredo histórico, da Inglaterra <3
    Amo livros históricos! hahaha
    E tenho certeza que a Camila construiu muito bem a narrativa já que você não economizou pontos positivos e elogios!
    Tô aqui shippando Henry e Evangeline! Pelo que você falou eles são perfeitos um para o outro! hahaha

    Amei a resenha, Mi!

    Beijos
    Adriano (do tópico do facebook)
    Aguardo sua visita!

    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Confesso que não tinha interesse em ler esse livro, mas lendo sua resenha acredito ser meio impossível não ficar curiosa sobre o livro, né? Você falou tão bem dele, o que me levou a pensar que vale a pena ler. Enfim, sua resenha ficou ótima, parabéns o/

    Beijos :*
    Larissa - Srta. Bookaholic

    ResponderExcluir
  9. Mi, adorei!! Inglaterra + romance histórico + Nome Evangeline hahaha já me conquistou! Sou apaixonadíssima pela inglaterra, assim como falei em outra resenha que a Itália também me atrai, mas com Reino Unido tem um quê a mais pra mim. Já foi pra listinha de desenho do skoob :)

    ResponderExcluir
  10. Que resenha ótima! Adorei saber sua opinião sobre o livro, estou louca para lê-lo!

    ResponderExcluir
  11. Oieee, tudo bom?
    Eu li esse livro a um tempo atrás e amei. A narrativa da Camila é maravilhosa, nem percebi o tempo passar. A protagonista Evangeline é uma das poucas protagonistas que me agradou, adorei o seu jeito. Ahh e nem preciso dizer que o cenário de "época" criado pela Camila me deixou encantadíssima né? E o Henry melhor ainda hahaha aquelas cenas vagando *-* ai meu coação.
    Eu também terminei o livro com aquele gostinho de quero mais, aquela sensação gostosa *-*

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  12. Não tenho a menor vontade de ler desde que ouvi que ela usa privada numa história de época. Lembro que as pessoas citaram outros erros, mas não gravei, só esse que foi o mais marcante. Então prefiro não ler pra não me decepcionar, nem mesmo resenhas positivas como a sua me fazem ter interesse nele.
    Beijinhos!
    Giulia - prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mih.
    Eu gostei muito da leitura deste livro e estou aqui só esperando o próxima livro da Camila para ler rs.
    Gostei de sua resenha.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi. Não li o livro ainda, mas parece ser legal, não sou muito fã de romances, mas me surpreendo com alguns; gostei da resenha.

    eueminhapequenaestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Michele,
    Eu não curto muito romance histórico e achei meio sem noção uma autora nacional não prestigiar toda nossa extensão territorial para criar sua história. Só isso já me desanimou bastante, porque lemos nacionais querendo nos identificarmos com os personagens!

    Beijos
    Chrys Audi
    Blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
  16. Tenho muita vontade de ler este livro também, parece ser ótimo. Adoro romance histórico e gostei bastante do enredo deste. Parece ser um livro cheio de surpresas e reviravoltas, e gostei de saber que o livro deixou uma curiosidade para saber como será a continuação! Deve ser mesmo um excelente nacional.
    beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá Mi!
    Li esse livro no ano passado e adorei.
    Achei a história muito interessante e os personagens são maravilhosos.
    Gosto muito de livros de época.
    Amei a sua resenha!
    Beijinhos!
    www.eraumavezolivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Gostei bastante do enredo do livro. Parece ser muito bom, com personagens elaborados e bem desenvolvidos e uma trama contagiante. Gosto de romance de época e esse está me deixando com muita vontade de lê-lo.

    ResponderExcluir
  19. Que bom que gostou tanto do livro! Eu não curti tanto assim, não sei se já saiu outra edição mas, ao contrário de você, encontrei erros no meu exemplar, e eles me incomodaram um pouco. Também teve alguns errinhos quanto ao período histórico, e teve uma coisa que a Evangeline não percebeu que não achei muito convincente. Fora isso, gostei, a narrativa da autora é realmente boa e curti principalmente as personagens secundárias, me apaixonei por Henry, Albert e Genevieve.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  20. Olá Michelle !!!

    Gostei muito de sua resenha a forma que você escreveu simplificando tudo e caracterizando os personagens e ambientações faz com que possamos imaginar todas as cenas em nossas mentes, as intrigas que vem a acontecer, as brigas os conflitos tudo conseguimos sentir a florando em cada verso. Obrigada pela dica e que você continue sempre assim.

    Bjos.

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  21. O livro contem uma historia maravilhosa que acontece a primeira parte em casamento que a noiva esta atrasado .... Sunceramente gostei somente um pouco da historia desculpe minha opiniao achei alguns pontos negativos que achei que nao encontraria .

    ResponderExcluir
  22. Oi Mi,


    rsrsrssrsrsrs, eu sou apaixonada por romance de época, rsrsrssrsrsrsr.
    bom, eu já havia lido esse livro e amado, realmente não tem como não gostar, sobretudo do Henry (típico caso de paixonite por personagem).
    E, uma vez perguntei a autora se haveria uma continuação, ela disse que sim. Agora é aguardar, pois realmente no final ficamos com a sensação de querer mais.

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Ah, eu já li boa resenhas sobre o livro. E com mais essa, como não ter vontade de ler?!
    Não li muitos romances históricos, mas estou querendo me aventurar nesse mundo haha
    Ou melhor, me aprofundar né.
    Ótima resenha. e esse Henry.. já vi que irei me apaixonar pro ele também <3

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  24. Oi Mih!
    Vc nunca leu um romance histórico?
    Flor! Eu amo esse estilo! Me chamou muita atenção o livro e principalmente pela sua paixão o resenhando!
    Fiquei curiosa para conhecer esses personagens carismáticos e bem construídos! Muito boa resenha!
    Um grande Beijo!
    Paulinha Juliana - Overdose Literária!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias