Por que Medo de Mudanças?

14:30


Evidenciamos no último domingo mais uma prova da cidadania brasileira... milhões de pessoas foram às urnas votar. Apesar de que ainda acho nossa democracia uma pseudo – democracia (não quero ser obrigado a votar, por dever, mas quero votar porque é meu direito como cidadão).

Nesse contexto já seria uma grande mudança. O dever pelo direito.

Olhando os resultados verifica-se que em muitos lugares houve mudanças nos legisladores e até mesmo nos administradores. Em compensação, em outros, a mudança foi muito pouca (em meu Estado, infelizmente, alguns corruptos ainda foram eleitos). E tenho prestado atenção nas mídias, principalmente as redes sociais.

Parece que há um medo freqüente em realizar algumas mudanças. Eu posso me considerar apartidário. Nunca tive afeto por qualquer um partido, seja qual for. Presto mais atenção ao candidato e suas propostas. E quando um candidato passa a atacar outro e não se preocupa com suas propostas já perde ponto comigo.

Vivendo em uma democracia é natural que convivamos (e saibamos conviver) com alternâncias de poder, é natural e saudável, afinal, deixamos o sistema de governo do reinado há mais de cem anos.

Inclusive vivemos uma ditadura militar que durou quase trinta anos e o que acabou com essa ditadura foi o advento de uma democracia.

Como já dito antes, a alternância de governantes é a principal característica de uma democracia saudável. Aí nesse prisma alguém pode estar perguntando: o que esse cara quer dizer?

A resposta é muito simples. Como saber a administração de um outro partido ou outro candidato se não é dada essa chance? Não devemos ter medo. O risco é inerente a quem vive. Viver de comodismo também.

Ah, você é contra o PT, pode dizer outro. É certo que o PT tem uma história no país, onde no seu início brigava pela ética e moral na política do Brasil, não há como negar. Mas também não há como negar que enquanto está no poder muita coisa errada aconteceu, surpreendendo, pois o partido brigava contra o que agora está querendo manter. Outros partidos estão ilesos? Não. Infelizmente parece que é uma doença crônica  nos partidos do nosso querido Brasil Varonil.

O que estou querendo dizer é que manter um partido muito tempo no poder poderá acarretar em um problema muito grande, pois como disse o sábio, o poder corrompe e o poder absoluto corrompe absolutamente. Vai ter um momento que o Partido ou candidato não irá largar o osso. Seja ele qual for.

Vale lembrar que se fosse bom apenas um governante ainda seriamos um império, não uma república. Não devemos ter medo de mudanças. Só saberemos se for bom ou ruim quando acontecer. E convenhamos, 08 anos de um governo dá pra fazer muita coisa, tendo uma boa meta.

O voto no Brasil tem que ser consciente. Não voto de cabresto, não o voto pelo comodismo de que se o partido perder eu vou perder também. Independente de quem esteja no poder, é obrigação nossa, como eleitor e como cidadão cobrar. Afinal, além dos deveres nós temos os nossos direitos também, seja eles na saúde, educação ou segurança.

O voto tem que ser para aquele que melhor atender as nossas expectativas. E temos que ter isso sempre em mente. Vamos perder o medo de mudar. Para melhor. Sempre.


Antonio Henrique Fernandes

Colunista

You Might Also Like

18 leitores apaixonados❣️

  1. Olá, Antonio! Texto super correto, não levantou bandeiras, não fez apologia a algum partido e deu sua opinião sem desmerecer a dos outros ou proferir discurso de ódio. Bem diferente de tudo que a gente está encontrando nessa eleição :( Mas parabéns pelo texto! Bjs.

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tici, eu fiz esse texto exatamente por ver tanta deslealdade em redes sociais. para a própria democracia brasileira funcionar tem que acontecer mudanças. elas não são ruins. elas mostram exatamente quem trabalha e quem quer apenas surrupiar os cofres públicas. e se ninguém fizer nada, quatro anos depois tiram. esse é o nosso poder como cidadão e eleitor.
      obrigado.
      bjs

      Excluir
  2. Oi Antonio!

    Perfeitamente belo e sincero! Parabéns!
    Acho que o brasileiro é um povo que não acredita em mudanças....
    Não sou fã de política, procuro saber o essencial para não desperdiçar meu voto. É triste ver que tantos saíram as ruas querendo mudanças e poucos realmente fizeram seu voto valer a pena!

    Adorei sua crítica! Bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Paula,
      obrigado, eu defendo sempre mudança, principalmente na política. evitaria muita coisa ruim, porque não daria muito tempo para corrupção. os que trabalham conseguem fazer alguma coisa, sem desculpas. e a alternância mostraria um povo maduro com sua política.
      bjs

      Excluir
  3. Ola Antonio ótimo texto eu sou a favor de mudanças sempre, o povo se acomoda e vota em que teoricamente estende a mão de alguma maneira e Viva as mudança que vou lutar por elas. abraços

    Joyce

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joyce,
      obrigado. esse é o problema de passar muito tempo. há o comodismo e isso tambem é prejudicial ao povo e à democracia. temos que brigar sempre por mudanças. e não ter medo disso.
      bjs

      Excluir
  4. Não sou fã de política, mas perfeito seu texto, brasileiro se acomodou.
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Brubs.
      realmente o brasileiro se acomodou e isso precisa mudar.
      bjs

      Excluir
  5. Olá Antônio

    Que texto sensacional! Eu gosto muito de política e toda essa "batalha" me fascina muito. Concordo que precisamos de mudança, mas reconheço que este não é um pensamento compartilhado por alguns que estão bem cômodos com a situação atual.
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo,
      A mudança tira o comodismo, e é assim que vejo o país ultimamente. acomodado. e cheio de escândalos que não fazem ninguém sair da zona de conforto. a mudança serve para acordar. se não for agora, que seja na próxima, mas corre-se o risco muito grande de as coisas desandarem de vez.
      um abraço.

      Excluir
  6. Ótimo texto Antonio! Claro que vi no texto algumas frases puchando para ambos os lados rs. Eu acho que se não mudar desta vez é porque muitos dos brasileiros entrendem o que é colocoar o outro candidato no poder e muitos temem isto.

    Manter o país como está é melhor para muitos do que colocar, mas mãos de quem perdeu na própria terra, por ser considerado ruim. Sei que a mudaça implica muitas percas e ganhos e que todos quando chegam lá vão passar a mão nos cofres públicos. Mas sinceramente eu temo este novo. Posso estra com um visão errada sobre as coisas, mas é o que vejo.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fê... tentei ser o mais imparcial possível no texto, mas a conjuntura atual da nossa política, principalmente do governo em atuação me faz querer mudanças. como vc citou o candidato que perdeu em sua terra, isso não quer dizer que ele não seja capaz de administrar. se não der um voto de confiança (que foi dada a Lula em seu mandato) como saberemos... eu apoio a mudança para que possamos mostrar ao mundo que somos um país democrático, pq sinceramente um único partido 16 anos no poder me parece mais uma ditadura do que democracia. não temos que temer o novo. precisamos sair do comodismo... é isso que está fazendo mal ao país. nada funciona. às vezes é necessário sair da zona de conforto e fazer valer uma mudança.. que pode ser benéfica... e não se pode prever o futuro e dizer que os que vao entrar vão dilapidar os cofres públicos... até pq o que está aí já esta fazendo isso muito bem.
      bjs...

      Excluir
  7. Oi Antonio, tudo bem?
    Feliz por encontrá-lo aqui também.
    Eu sempre me perguntei porque o voto no Brasil é obrigatório. Infelizmente nossa sociedade não tem a cultura de lutar por seus direitos. Dessa forma, acredito que se você tivesse a escolha de não ir às urnas, muitos não iriam participar, disso eu tenho certeza. Mas não como protesto, por pura falta de interesse mesmo.
    Se todos soubesse a verdadeira história da conquista do direito ao voto, quem sabe, não poderíamos mudar um pouquinho a visão do povo???
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila,
      obrigado pela visita. O maior problema talvez esteja no fato de que as pessoas lutam por seus direitos individuais e não coletivos. e nisso nosso país peca muito. porque acabam uns sendo ajudados e a grande maioria fica sem as necessidades básicas da saúde, educação e segurança.
      bjs

      Excluir
  8. Olá Antonio, tudo bem?

    Eu não tenho medo de mudanças, ainda mais quando vemos que tem alguém no governo por mais de 12 anos sem fazer nada...

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pamela,
      12 anos é muito tempo, de sobra pra fazer alguma coisa e dá pra sentir que o que foi feito é mínimo. o brasileiro merece mais.
      bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias