Semana EOCEOI # Entrevista

06:30

Olá Galerinha!

Vamos conhecer melhor a autora?








1. Quem é a Simone Pesci?

Simone - Eu que agradeço Suelen! Obrigada pelo convite e muito êxito para o blog.
Simone Pesci é uma mulher de 35 anos (logo mais 3.6), que gosta das coisas simples da vida. Sou cinéfila, ávida leitora, e não dispenso escutar o bom e velho Rock n’ Roll. Também gosto muito de tomar minha cerveja e fumar meu arguile. rs


2. Como você descobriu que queria ser escritora?

Simone - Eu nunca fui boa com números. No entanto, sempre gostei de escrever.
Na verdade, estou na blogosfera desde o início de 2010: resenhando livros e filmes, falando sobre coisas das quais eu gosto, e também dando minha opinião entre tantas outras coisas. Ser escritora é algo um tanto quanto novo pra mim – e chego a dizer que às vezes me assusto com essa palavra. Foi tudo muito rápido, escutei uma canção que me inspirou e por meio dela escrevi o capítulo 1 de #EOCEOI.


3. O título do seu livro é bem forte “Entre o Céu e o Inferno”. Como surgiu a ideia de escrever um livro?

Simone - Apesar do título transparecer o gênero fantasia, com lutas de anjos e demônios, trata-se de um romance contemporâneo. De início tinha em mente o título: “Entre o Bem e o Mal, mas ao escrever o prólogo, me dei por conta que seria mais condizente: “Entre o Céu e o Inferno”. O leitor que dele degustar saberá o por quê?
A ideia surgiu ao escutar a canção “Gate 21” do músico Serj Tankian. Aliás, se não fosse por essa canção, #EOCEOI não existiria.
Por fim, eu escrevi o primeiro capítulo e mostrei para algumas amigas que, logo em seguida, pediram para que eu desse continuidade com o enredo.


4. Como é ser uma escritora independente?

Simone - Afirmo que é dificílimo e ao mesmo tempo prazeroso. Na verdade, eu tinha um contrato para a publicação do livro com uma editora, mas de última hora resolvi quebrar esse contrato e me auto-publicar. Aliás, ser independente tem seus prós e contras. Sendo os prós: poder participar integralmente na produção da obra, interagir e tomar as rédeas da publicação. Os contras: não ter a devida divulgação, e digo até mais... Não ter o devido reconhecimento por ser independente.


5. O que você acha do mercado literário no Brasil?

Simone - Acho esse mercado defasado para nós “autores”. E, por esse motivo, optei em me auto-publicar. Além do mais, me entristece ver que muitos leitores (tem suas exceções), não dão o devido valor para a leitura nacional e preferem gastar uma quantia maior em uma obra lá de fora, que por sinal, já tem todo o marketing garantido. É lamentável, pois o Brasil tem obras e autores maravilhosos. Por outro lado, nos últimos anos cresceu muito o interesse dos brasileiros para com a leitura.


6. Você já tem novos projetos?

Simone - SIM! Meu próximo projeto é “Dezesseis – A Estrada da Morte”, que é inspirado na canção Dezesseis da banda Legião Urbana. Nele, vocês poderão conferir a estória de “João Roberto e seu Opala Metálico Azul”. Já tenho dezenove capítulos finalizados (ainda sem revisão), e pretendo publicá-lo em algum momento de 2015, provavelmente no segundo semestre. Ainda não sei se será auto-publicação – e caso alguém tenha interesse em conferir a sinopse + prólogo + cap.1, basta conferir esse link: http://www.wattpad.com/36474094-sinopse-dezesseis-a-estrada-da-morte



7. Conte-nos um pouco dos personagens principais. Você se inspirou em alguém para cria-los?

Simone - Como diria minha doce/amarga Alex: é inimaginável falar sobre isso! rs
Na verdade, minha história de vida está no enredo, porém, com uma abordagem diferente. Como eu disse na “Nota do Autor”, ainda no início do livro: Obviamente, não passei por nada que a protagonista conta no decorrer da história, mas de fato, me identifico com muitos sentimentos que a ela transparece.
Minhas inspirações foram tudo o que já vivi, de bom e de ruim. Escrever os três personagens (Alex, Max e Juan) foi muito intenso. Coloquei minha alma em cada um deles, e com isso mostrei meus medos, angústias, dúvidas, alegrias, dentre tantos outros sentimentos.
Agora, quanto as inspirações na ficção... SIMMM!!! Elas existem e são:
– Alex – Marjorie Estiano
– Max – Rodrigo Hilbert
– Juan – Malvino Salvaldor


8. Se defina em uma palavra.

Simone - “sιmpℓєsмєntє * Simone / §§” - nem melhor, nem pior... apenas eu! (Ps.: A definição foi um pouco mais extensa. rs)


9.  Você diz ser uma leitora ávida. Quais os seus gêneros e livros favoritos?

Simone - Sem sombra de dúvidas “romance contemporâneo”. Amo por demais!
Dentre as leituras e autores nacionais dos quais mais gosto estão: Angie Stanley (Uma Segunda Chance), Lu Piras (Equinócio), Marcia Rubim (Adeus a Humanidade), Juliane Rodrigues (Salvos Pelo Amor) e Felipe Colbert (Ponto Cego).
Agora, na literatura estrangeira, citarei: Jandy Nelson (O Céu Está em Todo Lugar), Sylvain Reynard (O Inferno de Gabriel), Emily Bronte (O Morro dos Ventos Uivantes), Nicholas Sparks (Um Homem de Sorte), Jojo Moyes (Como eu era antes de você) e claro... John Green (A Culpa é das Estrelas).


10. Deixe uma mensagem para os leitores do blog.

Simone - Sonhe e viva esse sonho! Faça de coração sempre, pois dessa forma, seu contentamento não será descontente.


You Might Also Like

2 leitores apaixonados❣️

  1. Oi Mih!

    A Simone é uma fofa neh? Adorei conhecê-la e em breve vou ler o livro dela que ganhei!
    Adorei a entrevista!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda, Ana!

      Espero tocar seu coração com o enredo.

      Beijossssss,

      Si.

      http://simonepesci.blogspot.com.br/

      http://eoceoi.blogspot.com.br/

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias