No Meu Mundo...

07:00

Boa leitura!

CAPÍTULO 25

Michael Soares ficara à espreita. O delegado o alertara para uma possível tentativa de fuga. Entraram há mais de duas horas e ainda não retornaram. Teria outra saída pelos fundos? Seria quase impossível, pois o grande muro de concreto estendia-se por toda a extensão do terreno e mesmo que houvesse outra porta, teriam de passar pelo portão frontal antes de sair.
Estava cansado. Ficara no hospital fazendo vigília a noite inteira. Finalmente o delegado o destacara para seguir aqueles dois. Ele não suportaria mais um dia inteiro entre doentes e familiares nervosos e deprimidos. Acabaria ficando deprimido também. Por isso jamais quis ser médico, pensou.
Um jovem de pele clara e cabelos castanhos saiu em disparada na direção da basílica. Teria ocorrido algo inesperado lá dentro? Os sentidos do detetive se aguçaram de imediato. Logicamente havia algo errado. Ele podia sentir o cheiro no ar. Cheiro de perigo. Não via que mal poderia acontecer a qualquer um dentro de uma casa paroquial, afinal, era quase como uma parte da própria igreja. Mas seu instinto não falhava e nunca o deixara na mão.  Pegou um pequeno binóculo de dentro do porta-luvas e levou-o até os olhos. O rapaz deixara a porta aberta. Pensou em ir até lá e ver se estava tudo bem, mas preferiu esperar mais algum tempo. O rapaz não demorou a voltar. Junto consigo trouxera um padre, que aparentemente acabara de rezar uma missa. Vestia uma batina branca, com ostentosos bordados dourados que brilhavam e pareciam ser mesmo feitos com fios de ouro. Reparou que os dois conversavam e gesticulavam, enquanto caminhavam depressa para a casa paroquial. A expressão no rosto do padre não era das mais amigáveis. Tentou fazer uma leitura labial com seu binóculo para decifrar o que os dois conversavam, mas estava demasiadamente longe e a visibilidade que tinha dali, não era nada boa.
Olhou no relógio. Seis e meia da tarde. O que os dois estariam fazendo lá dentro esse tempo todo? O homem pegou o cigarro apagado, já tendo mastigado todo o filtro e trocou por outro novo. Guardou o binóculo e colocou os óculos de grau de aros enferrujados. Desceu do carro e aproximou-se devagar. Deveria interrogar aquele rapaz. E o padre também, se possível. E se algo errado acontecesse àquela moça ou com seu acompanhante...
Chegou bem perto da entrada. Dali ouvia gritos abafados, como se houvesse muitas paredes entre eles e o lado de fora da casa. O que diziam era indistinguível, mas dava para notar que mais de uma pessoa falava alto ao mesmo tempo. Uma discussão? Em uma casa de padres e seminaristas? Não era provável. Forçou a maçaneta redonda, mas a porta não se abriu. Viu a campainha ao lado, mas preferiria não ter que usá-la. Rodou a maçaneta mais uma vez. A porta não se abriu. Estava trancada pelo lado de dentro. Caminhou pela calçada ao redor da casa, mas não tinha outra porta em nenhuma das laterais. Se quisesse entrar teria que ser autorizado. Voltou para a porta da frente e tocou a campainha. Ninguém atendeu.



Raquel Pagno
 www.raquelpagno.com







You Might Also Like

13 leitores apaixonados❣️

  1. Oii, tudo bem?? Como não li os outros capítulos da história, ele não fez muito sentido para mim. Entretanto achei a história interessante e envolvente, a escrita da autora é realmente muito boa.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  2. Olá Raquel!
    Esse capítulo está muito bom. A cada capítulo que passa a história fica mais interessante.
    Parabéns Raquel.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Não acompanhei a história, mas achei envolve! Adorei a escruta da autora ♥

    Beeeeeeijos!
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/2015/03/resenha-entre-nos.html

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adorei a história, não acompanhei os outros capítulos, mas achei super envolvente!
    Adorei a escrita ♥

    Beeeeijos!
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/2015/03/resenha-entre-nos.html

    ResponderExcluir
  5. Não li os demais capítulos, então não entendi muita coisa, mas fiquei bem interessada em ler os outros capítulos.

    ResponderExcluir
  6. Gostando cada vez mais dessa hist´ria,agora que estou lendo os capítulos seguidinhos... A trama está cada vez mais envolvente e eu jpa fiquei ansiosa pelo próximo...

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  7. Adorei a escrita, me deixou bem curiosa para ler os capítulos anteriores.
    Beijos, Gabi
    www.reinodaloucura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu não li os outros capítulos, por isso certas coisas ficaram perdidas, porém eu gostei da escrita e acredito que se tivesse lido desde o começo, seria algo que eu gostaria.

    http://palavrasdelucidez.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ola!gostei de mais da escrita e a estoria parece muito interessante, vou ler os capítulos anteriores para seguir, parabéns!!!
    BEIJOSSsss...

    sonhos de leitor

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Como não li os outros capítulos eu fiquei meio perdida na história, mas adorei sua escrita, fiquei realmente curiosa para saber mais da história.

    Bjs,
    Fernanda
    blogimaginacaoliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Fiquei um pouco perdida por não ter lido os capítulos anteriores, mas achei a escrita muito boa, aquela escrita que te prende e te deixa curiosa por mais.

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá tudo bem?
    Não li os capítulos anteriores, então não tenho como avaliar. Porém gostei bastante da escrita, continue assim. Bjus!!
    http://lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oii, tudo bom?
    Bem, como eu não li os demais capítulos, fiquei um tanto quanto perdida na história rs, mas adorei a maneira como você narra e a forma como prende o leitor! Parabéns!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias