O que é Literatura

20:21

O Que é literatura?



Eu tinha uma definição exata sobre o que é literatura, até que li a entrevista de Ruth Rocha (link aqui), onde ela afirma que Harry Potter não é literatura e que obras que tem o fantástico como tema, principalmente envolvendo bruxas e vampiros, é modismo.

Acredito que tenha se equivocado enormemente. De uma certa forma ela criticou as obras de fantasia. Acontece que esse tipo de obra está enraizado na literatura nacional e mundial desde que o primeiro livro foi prensado, na Idade Média. E logo ela, que escreve para um público bem específico, usa de fantasia em seus livros, pois toda criança usa muito a imaginação quando lê um livro dessa natureza. O Pequeno Príncipe é até mesmo hors concours.

A própria literatura infantil está cheia de fadas, bruxas, vampiros e lobisomens, então não sei realmente se ela quis dizer que Harry Potter não é literatura. Alguns maldosos estão dizendo que é dor de cotovelo. Os contos de fadas estão cheios desses personagens. Que tal ler Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll?

Agora, há uma outra particularidade: Harry Potter abriu uma porta para o mundo infanto-juvenil, que acredito estava um pouco órfão de uma literatura voltada para esta etapa da vida. Ou eram obras infantis ou eram obras adultas. Não me recordo de algo voltado para os adolescentes assim tão específico. Apesar que na minha opinião o bruxinho começou infantil,  passou para adolescente e terminou sua história mais voltado para os adultos, e aí está o poder de Harry Potter, a obra cresceu junto com seus leitores, e atingindo inclusive os adultos. Não há como negar isso.

A literatura fantástica está presente, e muito, em obras publicadas no mundo inteiro. Ela afirma que é modismo, mas não vejo desta forma. Quando li a obra Sonhos de uma noite de verão, de William Shakespeare, quando estava na faculdade, eu viajei e a obra é do século XVI; fala de fadas e entes da floresta.

É como rejeitar O Senhor dos Anéis, talvez a obra mais identificada com a fantasia do século XX. Não tem como ser modismo. A diferença, que eu acredito que há nos dias de hoje é que estão transformando alguns monstros em heróis, deixando a linha bem – mal mais tênue, em uma área mais cinzenta.

Inegável que a Fantasia tem o seu lugar na história da literatura, e dizer que é modismo é no mínimo uma irresponsabilidade com quem lê.

Acredito que cada área da literatura está bem definida e não tem como dizer se são ruins ou não. Há escritores ruins, não a literatura.

Uma grande obra de fantasia nacional? Recomendo ler O Coronel e o Lobisomem.


Antonio Henrique Fernandes

Colunista.

You Might Also Like

6 leitores apaixonados❣️

  1. Aplaudindo eternamente depois de ler o seu texto! Nem fiz questão de ler a entrevista que essa mulher deu, porque quando vi a besteira dela falar que Harry Potter não é literatura nada mais que ela dissesse poderia ou seria considerado válido por mim. Você resumiu tudo o que penso sobre o assunto e concordo, HP abriu e muitas portas e sou grata pelas obras porque foi com elas que realmente se eternizou em mim a vontade de ler! Falou bonito e disse tudo, só tenho a dizer que sou sua fã com esse texto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Antonio concordo totalmente com você, sobre o que é ou não literatura.
    Eu não li a entrevista, mas acho que está havendo um pouco de sensacionalismo sobre a mesma.
    Tenho certeza que a Ruth Rocha cometeu um grande equívoco ao declarar isto.
    Mas levo em conta sua idade, e talvez quem sabe o contexto onde foi falado. Sabemos bem que a imprensa para fazer sucesso e vender mais, as vezes aumenta um tanto...
    Ótima postagem a sua e gostei do seu posicionamento.
    Mesmo assim a Ruth teve uma grande colaboração como autora e não devemos desacreditá-la por conta deste incidente.
    Um grande abraço.
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lia,
      Com toda a certeza a Ruth merece todos os elogios por sua imensa colaboração para a literatura nacional.
      um abraço,

      Excluir
  3. Nossa Antonio!
    Fiquei chocada principalmente por ser a Ruth Rocha, uma escritora conceituada de livros infantis a dar essa declaração tão preconceituosa.
    Até os HQs na minha opinião são considerados literatura na nossa atualidade.
    Fico indignada com tamanho preconceito e concordo com suas palavras, tanto que os livros de fantasia hoje em dia são os mais vendidos.
    Boas observações.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudynalva,
      Talvez não tenha sido de má intenção, mas nao pegou bem, ainda mais sendo a pessoa que ela é e formadora de opinião dentro da nossa literatura.
      Mas, enfim, não há como negar a ascensão dos livros de fantasia.
      bjs.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias