Resenha # Diário de uma paixão

10:00



Diário de Uma Paixão - "Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou." Noah Calhoun Assim tem início uma das mais emocionantes e intensas histórias de amor que você lerá na vida... O livro é o retrato de uma relação rara e bela, que resistiu ao teste do tempo e das circunstâncias. Com um encanto que raramente é encontrado na literatura atual, O Diário de uma Paixão de Nicholas Sparks, o consagra como um contador de histórias clássicas, com uma perspectiva excepcional sobre a mais importante e única emoção que nos mantém. Com mais de 12 milhões de cópias vendidas, o livro que emocionou as pessoas ao redor do mundo, foi traduzido para mais de 20 línguas.

Autor: Nicholas Sparks // Páginas: 256 // Editora: Novo Conceito // Classificação: Bom // Onde Comprar:  FNAC  Casas Bahia  Submarino






Esta foi a primeira obra de Nicholas Sparks traduzida para o português. Lançada em 1996 e já alcançou mais de 75 milhões de cópias vendidas. Como é comum entre os romances escritos por Sparks, este também foi adaptado para o cinema.

O livro trata de uma linda história de amor vivida por Noah e Allie.
O rapaz, um admirador da poesia e que provinha de família humilde do Sul dos EUA se apaixonou por ela desde a primeira vez que a viu, quando Allie juntamente com seus pais precisou passar o verão de 1932 na pequena cidade de Nova Berna. Logo que se conheceram Noah com 17 anos e Allie com 15, descobriram o verdadeiro significado da explosão que é o amor. Naquele verão eles tornaram-se inseparáveis, se viam todos os dias (exceto domingo - dia de igreja).
A primeira barreira a ser enfrentada para que eles conseguissem viver a plenitude desse amor era justamente a diferença de classes sociais. Os pais de Allie não aceitavam que sua filha se envolvesse com alguém que não fosse "digno" dela.
Logo após o verão, a moça voltou para sua cidade e deixou para trás este grande amor. Por circunstâncias do destino, eles acabaram passando 14 anos separados. Durante este período desencadeou-se a Segunda Guerra mundial, Noah viajou por diversas cidades em busca de trabalho e até alistou-se para o exército e foi para frente de batalha. Entrementes, Allie conheceu outros rapazes e acabou namorando com Lon, um notável advogado e descendente de uma das famílias mais fluentes na época. Acreditando amar Lon e para alegria da sua família e amigos, Allie aceitou casar-se com ele. Mas a apenas algumas semanas do casamento, ela deparou-se com um artigo no jornal narrando um trabalhoso processo de reforma de um casarão antigo realizado por Noah.
Com tantas dúvidas rondando sua cabeça, Allie decidiu que precisava viajar até aquela pequena cidade para pensar e ponderar o que deveria fazer da sua vida. Assim, ela acaba indo à casa de Noah fazer-lhe uma visita e analisar o que exatamente ela deseja para o seu futuro.

A história de amor é muito bonita. Como sempre Sparks escreve de forma sutil todos os momentos que permeiam um romance. 

Mas o que mais me emocionou neste livro foi a maneira como o autor trouxe à tona os temas velhice e a Doença de Alzheimer. Sou romântica e acredito piamente no amor verdadeiro. Fiquei extasiada com a paciência, perseverança e felicidade nos pequenos detalhes que o amor proporciona. 
Difícil ler este romance e não ficar desejando que no dia em que a velhice bater em nossa porta, tenhamos alguém que nos ame de verdade para cuidar e proteger, algumas vezes até de nós mesmos.

O amor verdadeiro derruba as barreiras do tempo, distância, envelhecimento e até esquecimento.
Se você curte um bom romance "mamão com açúcar" pode investir na leitura deste, porém ele não é de todo suave. Com certeza em alguns momentos você se surpreenderá ao notar seus olhos marejados, pois esta história tem um "Q" de realidade. Definitivamente, não é um conto de fadas. Rsrs

 “Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome, em breve, será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou." - Noah Calhoun

Boa leitura!



You Might Also Like

18 leitores apaixonados❣️

  1. Como assisti ao filme primeiro, perdi a vontade de ler o livro =(
    Mas sei como a história é encantadora e mágica!
    Fico feliz que gostou
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Olá Daiane!
    Você acredita que ainda não li esse livro e nem vi o filme. Mas eu não curto muito as história do tio Nick. Fiquei meio traumatizada pois ele mata sempre um personagem. Por isso não tenho vontade de ler o livro. Mas sua resenha está maravilhosa.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que coisa mais linda!
    Acredite, flor, não assisti nem ao filme sobre esse livro. Agora me arrependo. Apesar de ser "mamão com açúcar", senti que a história traz aquele sentimento agradável a quem lê: o de poder acreditar que todos têm direito à felicidade. Prevejo lágrimas durante a leitura, haha. Sou uma manteiga derretida, especialmente se o gênero é sick-lit.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu vi o filme há alguns anos e não tive vontade de ler o livro, ainda tentei, mas não consegui. Apesar de ter gostado do filme, não gosto da escrita do autor.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mi, tudo bem?
    Então, rsrsr, eu tenho uma aversão aos livros do Sparks, sério, não tenho paciência.. tbm sou uma romântica, e a história do livro é linda, mas realmente, a escrita do autor não me convence ^^
    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Eu não sou uma grande fã dos livros do Nicholas, até hoje o único livro dele que eu dei conta de ler inteiro foi o A Ultima Musica. Eu tentei ler Diario de Uma Paixão e Querido John e não dei conta, mas em um futuro irei tentar de novo.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oiee ^^
    Sabe que, para mim, esse é um dos livros mais fracos do Nicholas? Não consigo gostar nem de "Diário de uma paixão" e nem de "Um amor para recordar", por mais que concorde que as histórias são bonitas :/
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, Tudo bem?

    Quero muitooooo ler esse livro, vi o filme a um tempo atrás e já me perdi nele, fico me imaginando lendo. Adoro o Nicholas ele é sem duvidas o meu autor predileto para derramar lagrimas rsrs.
    AMEI a resenha, definitivamente me deu mais vontade de ler o livro, vou ver se consigo ler esse fim de semana.

    Bjss
    http://nosleitoras.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi oi!
    Não sou fã do Nicholas, na verdade não curto muito os livros dele, romance com certeza não é meu estilo, então, por mais elogios que eu leia, simplesmente não me enche os olhos.
    Mas minha irmã é totalmente contrária. Ela ama o Sparks e livros de romance. Ainda não leu O Diário de Uma Paixão porque na verdade ela não é muito fã de leitura, mas vou ver se compro pra ela (estou tentando incentivá-la a ler mais).
    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. Oieee, tudo bem? Esta resenha derreteu meu coração hahaha, não posso ouvir o nome Nicholas Sparks que meus olhos enchem de lágrimas kkk, amo os livros do autor e já vi a maioria dos filmes, Diário de Uma Paixão eu li e também assisti ao filme, achei os dois muito lindos e me emocionei bastante em ambos, o fato que vc disse sobre a velhice e a presença de um amor na mesma é a mais pura verdade, enfim, amei sua resenha, Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Oi Daiane!
    Não sou muito dos livros do Sparks, porque assim como você disse, são bem açucarados para o meu gosto, mas gosto da premissa deste, e é um dos poucos dele que tenho vontade de conhecer, não só pela centralização no drama particular da personagem, mas pelo diferencial que a historia mostra ter dos outros 9390932903 livros que ele publicou. Vai ser o primeiro dele que pretendo dá uma chance, um dia :3

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá Daiane como vai?

    De todos os livros do Nicholas o Diário de uma paixão é o meu preferido, por toda a intensidade que o autor passar no decorre do encontro deles e a forma apaixonada que ele conta a historia, faz com que acreditamos que armo assim existe e são tão fortes como dos livros.

    Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  13. Oi Daiane, sua linda, tudo bem?
    Essa história é uma das minha preferidas de todos os tempos!!!! Eu nunca li o livro, mas já vi o filme várias vezes, eu adoro!!!!!!! Já soube que o livro é diferente do filme, mesmo assim, não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima, você me deixou com saudades do Noah, acho que vou ver o filme de novo, risos...
    Beijinhos.
    Cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Ola! Tudo bem?
    Esse livro parece bem interesante. Acho que posso gostar dele.
    Adorei a sua resenha.
    Eu leio voce depois. :)
    Boas leituras!
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
  15. Oi,
    Sou fã de romances nesse estilo, inclusive já li alguns livros do Tio Nicholas, de certa forma já me considero fã.. geralmente as lágrimas estão sempre presente nas leituras de livros deles, incrível a sensibilidade que encontramos em suas histórias, esse livro ainda não li, mas tá minha listinha de desejados.
    Beijos



    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  16. Ah, esse livro <3 Sempre acho extremamente lindo essa história porque me lembra um pouco de meus avós, é incrível ver um amor tão lindo em uma história assim.. Amo sempre que vejo resenhado esse livro e não apenas o livro como também o autor. Recomendo o livro <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Daiane!
    Esse foi o primeiro livro do Nicholas que li e até hoje, mesmo amando os livros dele, não teve nenhum que o superou.
    Mainha está com Alzheimer e entendo todo sentimento de Noah, gostaria de ficar para o reso da vida ao lado de mainha...

    Desejo uma ótima semana!!
    “O começo é a metade do todo.”(Platão)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias