Resenha # Ágata

08:00

Ágata é uma obra de ficção, ambientada em Portugal e na Bahia no final do Séc. XVI e início do Séc. XVII, e conta a história de Ágata Cirilo, personagem principal do livro e das mudanças que a vida impõe a ela, fazendo-a escolher entre ser uma pessoa melhor ou continuar em uma vida vazia. Ágata é uma personagem temperamental e egoísta até se apaixonar por um homem totalmente diferente dela. Alberto é um homem que vive uma vida muito simples, e que não pretende mudar, nem mesmo por um grande amor. Este livro fala sobre a força do amor e o quanto ele é a coisa mais importante na vida de uma pessoa. Quando ele aparece na nossa vida, nada nem ninguém são capazes de detê-lo. O amor verdadeiro pode mudar completamente uma pessoa.






Autora: Emilia Lima
Páginas: 109
Editora: Sollo
Onde Comprar: Saraiva
Classificação:





Ágata veio aos 14 anos para o Brasil, junto com sua família muito a contra gosto, pois não queria deixar Lisboa, tanto que pediu para ficar com sua tia, mas seu pai não aceitou.

Ágata tem quatro irmãos que são Luiz Segundo, Clara, Miguel e Alina, sendo Luiz e Clara já casados e felizes em seus lares.

Aos 19 anos ela só pensava em se casar de preferência com um homem português para que a levasse de volta para  a corte, onde teria novamente sua vida social, conforme tanto desejava, então em um baile promovido por seu pai, ela conhece o Conde de Basco, que ficou totalmente apaixonado por ela e pouco tempo depois acabaram se casando.


"O Conde me cortejou por três meses e logo veio o pedido de casamento. Fizemos uma linda cerimônia na Igreja da Ajuda, a maior da cidade na época. A festa de casamento foi perfeita, tudo saiu a meu contento, toda a sociedade da capital da colônia esteve presente, e, quinze dias depois, parti com meu esposo para a nossa lua de mel em Paris, passaríamos um mês na capital francesa e depois disso iriamos a Portugal."
Página 21


Após o casamento Ágata tinha a vida que pediu a Deus e uma marido que ela relativamente respeitava, mas o único ponto de divergência entre eles era um filho, pois ele queria e ela não, pois de forma alguma queria perder sua liberdade.


Em um certo dia repareceu em sua vida Pedro Henrique, a paixonite de sua irmã Alina e ela se vê desejando-o e colocou na cabeça que ele seria dela de qualquer maneira e por causa disso ela conta sobre a vida de Alina e à partir dali, ele resolve ter uma vida boêmia,


Ágata mesmo casada se rende a Pedro Henrique e sempre que podem se encontram, mas ele sentia que ela não era bondosa como seus irmãos e sempre que podia, ela era arrogante.

O marido de Ágata falece e ela resolve voltar para o Brasil e ficar um pouco com sua família para ver se sua solidão irá passar, mas quando chega, ela vê algo que a intriga e para se vingar de Pedro Henrique ela começa a colocar seu plano me prática, mas depois de conseguir seu objetivo, ela não se sentiu feliz. Para fugir um pouco e colocar mais a cabeça em ordem, ela vai para casa de sua irmã Clara, e passar uma temporada lá, então sua vida muda radicalmente.


Ágata quando passava uma temporada na casa de sua irmã, conhece Alberto e fica encantada por ele, mas como achava que não era correspondida, acabou ficando obsessiva por ele, fazendo-a reavaliar sua vida e decisões.

O final da história de Alberto e Ágata é a coisa mais linda, chorei demais lendo.





Eu tive o prazer de ler Alina e me encantei com o enredo e a escrita da autora, mas em  Ágata ela se superou, pois a protagonista era bem fútil, só pensava em riquezas, bailes, título de nobreza e para o amor não tinha espaço, até que Alberto chega em sua vida e muda tudo.


O ponto forte do livro foi a redenção de Ágata, fiquei emocionada em cada parte.

Os personagens são bem descritos, com todas as qualidades e defeitos, dando muito realismo a história.


A narrativa é bem fluída, tanto que quando vemos o livro já acabou, de tão envolvido que ficamos.

A diagramação e capa estão perfeitas.

Queria que a autora tivesse colocado mais algumas páginas nessa história, só para saciar minha curiosidade com relação a continuidade da vida de Ágata.

Infelizmente encontrei alguns erros de revisão, mas nada que atrapalhe o entendimento da obra.




You Might Also Like

9 leitores apaixonados❣️

  1. Olá!
    Vendo umas postagens sobre romance de época eu estou ficando muito curiosa para ler e pensando seriamente em dar uma segunda chance ao gênero. Adoro quando a escrita do autor nos faz viajar pela história, isso é incrível :D

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Nunca ouvi falar do livro, mas a premissa dele é interessante. Não é um livro que eu necessito comprar, mas vou anotar a sugestão.

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amiga quero muito começar a ler livros de época.
    Eu achei a história desse livro linda. E gostei bastante da capa.
    Eu já ouvi falar dele, mas eu nunca tinha prestado muita atenção.
    Espero poder fazer a leitura assim que tiver chance.
    Amei a sua resenha. Muito bem explicada =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-o-album.html

    ResponderExcluir
  4. A capa é linda ! E fiquei louca para saber como será o final de Alberto e Ágata! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oiee Michelle ^^
    Ver que o livro tem 100 e poucas páginas já me desanimou *-* Por mais que tenha ficado curiosa para conhecer Ágata e seu desenvolvimento durante a trama, não sei se o leria. Gosto de romances de época, mas não os pequenininhos assim :/
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mi!
    Espero que tenha melhorado!
    Já vi esse livro, achei a história interessante, mas fico confusa com o desenvolvimento, como disse a fofa da Dryh, em tão poucas páginas. Mesmo assim, quando tiver oportunidade, lerei.

    ResponderExcluir
  7. Mi-flor, fico me perguntando como a autora conseguiu fazer com que uma personagem tão egoísta se tornasse cativante. Essa é a primeira resenha que leio sobre Ágata, mas confesso que não me interessei em conhecê-la. Gente, essa mulher certamente me irritaria, embora sua avaliação positiva sobre a obra tenha me atraído. De qualquer modo, tenho Alina entre os livros quero ler e, certamente, me sentirei motivada a ler a sequência. Vamos ver.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, boa noite!

    Gostei da capa! A premissa me deixou no meio termo, mas achei bacana a questão da redenção que ficou claro acontecer. Parabéns pela resenha!

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
  9. Olá Mi!
    Eu amei ter lido Alina e com certeza sei que vou me apaixonar por Ágata.
    Ela parece ser meio fútil, mas se que vai ter um homem que vai coloca-la em seu lugar.
    Adorei a resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias