Resenha # A Herdeira

06:55

No quarto volume da série que já vendeu mais de 500 mil exemplares no Brasil, descubra o que vem depois do “felizes para sempre”. Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.









Autora: Kiera Cass
Páginas: 390
Editora: Seguinte
Onde Comprar: Casas Bahia  //  Americanas  //  Shoptime  //  Amazon  //  Submarino
Classificação:




Após ler A Escolha e pensar que não teria mais nada para ler da série A Seleção, a autora nos brinda com a sequência da vida de Maxon e América.


No início da história ficamos sabendo o motivo da princesa Eadlyn ser a sucessora de seu pai ao trono e não seu irmão gêmeo Ahren e isso se deve as mudanças das leis que seus pais fizeram assim que assumiram ao trono e com isso dia após dia ela estava sendo treinada para assumir o lugar de seu pai.

Maxon estava preocupado com as novas rebeliões após tanto tempo das mudanças e Eadlyn teria que ajudar a solucionar esse problema.


"-Acho que você está certa. Gostaria de poder ajudá-los. Mas, acima de tudo, precisamos pensar em como evitar que aconteça novamente. A situação já saiu do controle, Eadlyn, e isso é assustador."
Página 13


Após conversar com sua filha, Maxon tem uma ideia para amenizar as confusões e vai falar com América.

Para surpresa e desespero de Eadlyn, seus pais lhe propuseram uma nova Seleção, mas ela tentou de todas as maneiras tirar essa ideia absurda da cabeça de seus pais, mas foi inútil, ela já estava com 18 anos e já estava na hora de escolher alguém para governar ao seu lado.

Para tentar se acalmar, ela foi conversar com seu irmão Ahren que acaba lhe dando conselhos que ela adora e com isso acaba aceitando a proposta de seus pais, mas com algumas ressalvas.


Finalmente começa a Seleção de Eadlyn e após o sorteio dos inscritos, ela conhece em pouco tempo os 35 rapazes que irão disputar a sua mão e entre eles está Kile, filho da amiga de sua mãe Marelee, que sinceramente ela não gostava.


Ela não estava levando a sério essa etapa de sua vida e estava sendo julgada por causa disso, pois achavam que ela não seria capaz de se relacionar, mas após uns acontecimentos como a eliminação de alguns candidatos e uma conversa com seu irmão, ela decide realmente se abrir a essa experiência.



"O amor servia apenas para destruir  nossas defesas, e eu não poderia me dar a esse luxo. Eu já dava muito carinho à minha família e sabia que era meu ponto fraco - meu pai e Ahren em particular. Era difícil me imaginar fazendo isso comigo mesma de propósito."
Página 159



Após alguns encontros nós vemos que Eadlyn não era tão petulante assim, o medo dela de se entregar era maior do que tudo, mas quando ela se abre, cada candidato mostra um lado dela que a própria não conhecia, principalmente Kile, que se tornou o meu xodó na história.


Enquanto estava confusa com relação aos seus sentimentos, ela e Kile estava vivendo algo inusitado, mas para piorar um pouco as coisas, acontecem dois fatores que abalam ainda mais Eadlyn.

Não aceitei aquele final!





Sinceramente, acho que a autora exagerou um pouco nesse livro, pois ela  conseguiu fazer a filha ser mais chata e insuportável que a mãe dela e sinceramente não sei como isso é possível, Eadlyn é arrogante, se acha o centro do universo, a unipotente e que ninguém é melhor do que ela e por causa disso em várias partes do livro, tive vontade de socá-la, mas o processo da Seleção a modificou de uma certa forma, por causa de certos rapazes.


O enredo é bem interessante e tenho que confessar que em algumas partes até achei graça, só não gostei do final que a autora apresentou, ainda mais porque terei que esperar sabe lá quanto tempo para saber o que acontece.


Os personagens são bem interessantes e a grande maioria deles cativantes.

A capa do livro está linda.

A narrativa é fluída e tinha tudo para me conquistar por completo.

A diagramação e revisão estão perfeitas.




You Might Also Like

20 leitores apaixonados❣️

  1. Olha eu ainda não tive a oportunidade de ler a série A SELEÇÃO. Todos tem me falado para ler porque é um romance lindo e tudo mais, mas como eu não tive tempo esse ano para ler livros de série, vou ver se faço isso ano que vem. Espero conhecer logo essa estória, porque acho que eu fui a única que não leu os bestsellers famosos rs

    Mas eu gostei bastante da sua resenha. E quando tu disse que a autora exagerou eu fiquei pensando que as vezes eles gostam de esticar a estória e no fim acabam fazendo o contrário agradando uns e outros. Mas não todos sabe? Eu acho que quando começa a enxer linguiça demais fica sem sentido. Mas não sei ainda, porque tenho que ler o livro.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-nos.html

    ResponderExcluir
  2. Oie tudo bem/
    Nunca tive interesse nos livros da Kiera, não me chama atenção apesar de todo burburinho em cima deles :(

    Já vi muita gente criticando a mesma coisa que você falou da filha ser mais chata que a mãe.

    Quem sabe um dia leio!

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu li apenas o primeiro livro dessa série e não suportei a protagonista por isso desisti dos outros. Achei a trama bem sem graça e a mocinha realmente acabou com todas as chances de eu ter vontade de ler a série um dia! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Eu li e amei os três primeiros livros. Esse, apesar das críticas, eu leria - não só leria, como quero ler. Apesar da Eadlyn ser um saco, acho que tem uma explicação bem forte, talvez a autora dê um propósito a isso nos próximos livros.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Sério que você não gostou desse livro? Eu amei, pois eu tentei compreender ao máximo a personagens, ela nasceu para ser uma Rainha, não é como a América que era uma menina pobre, ela desde de muito nova teve um peso a mais nas costas o que resultou em sua personalidade. E eu gostei do final ;)

    thaysmdelima.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nunca li a série a Seleção, não parece ser muito meu tipo de leitura e pelas resenhas que li, acho que vou me irritar com as protagonistas e isso já é metade do motivo de não gostar da leitura.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li A Herdeira, o que quero muito fazer, pois assim como você, já tinha aceitado o final em uma trilogia. Pela sua descrição, já dar para imaginar o poço que é a personagem Eadlyn, mas o que acho interessante, é justamente isso, a desconstrução da personagem ao longo da trama.
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  8. Olá, .
    Eu tenho esse livro aqui, mas estou esperando lançar o outro para ler na sequencia. Para falar a verdade não gostei da autora ter continuado a história. Estava bem daquele jeito. Todo mundo fala que a protagonista é insuportável, tomara que eu não ache porque se não fica difícil a leitura hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Eu tô com esse livro aqui que eu comprei realmente pela capa e estava muuuito animada para saber o que iria acontecer - mas confesso que odiei o fato dela não ter parado na trilogia - mas não li ainda; MUITAS resenhas negativas para as escolhas da autora e gente, essa menina é insuportavel mesmo!! hahahah
    Gostei da sinceridade e não sei se vou ler agora. Espero que o ultimo livro - que seja ultimo mesmo - mude essa visão que todos estão tendo sobre a obra;


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  10. Oie.

    Ainda não li nenhum dos livros da série, mas tenho muito curiosidade, mesmo o livros não parecendo muita coisa para todos os leitores

    Beijos
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  11. Olá

    Como já disse algumas eu sou uma das poucas pessoas,que não curte A Seleção,li os dois primeiros livros e desisti,gostei da resenha, realmente numa série esse negócio de esperar o próximo livro sair e nem tem a previsão de quando vai sair é ruim.

    Bjss

    ResponderExcluir
  12. Olá Michelle,
    Ainda não li A Seleção, pois já sei o final, então, me sinto bastante desanimada. Além, é claro, de a maioria das pessoas falarem o quanto a América é chata e cheia de mimimi não tenho paciência mais para isso.
    Gostei muito da sua resenha de A Herdeira, entretanto, acho que é um livro que não gostaria de ler. Não gosto muito quando o autor se programa para uma coisa (trilogia, no caso) e porque fez sucesso começa a escrever mais ;/
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, flor.
    Li apenas o primeiro volume dessa série e adorei. Confesso que não ingressou para os meus favoritos por ser clichê e um pouco previsível. Mas mesmo assim estou empolgada para ler o resto dos volumes, incluindo esse. Só acho que não devo ir com muitas expectativas. Concordo com você que não teria paciência para tolerar uma personagem tão metida. Vamos ver.

    Beijos!
    Ah, convido para o novo sorteio no blog. São apenas 2 regras obrigatórias – curtir a página do autor e a página da Editora – para concorrer ao livro Colega de Quarto. ;)
    http://myqueenside.blogspot.com.br/2015/10/sorteio-colega-de-quarto.html

    ResponderExcluir
  14. Oi Muchelle, confesso que não li a sua resenha pois fiquei com muito medo de pegar spoiler. Pois desta série eu só li o primeiro livro que foi: A Seleção. Confesso que já amei!!! Estou doida para dar continuidade a série.
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Percebi que a maioria das pessoas que leram esse livro não gostaram da Eadlyn e eu já a odeio. Na verdade eu odeio 1000 vezes mais o Maxon e daria um belo tapa na cara da America.
    Eu li os 3 primeiros livros e o ultimo A escolha foi simplesmente decepcionante, com pontas soltas e corrido, mas enfim não tinha motivo para a Kiera continuar a série.
    Eu realmente pretendo ler A herdeira apenas para relembrar meu amor pelo lindo Aspen :D
    Ameii sua resenha

    ResponderExcluir
  16. Oi Michelle, eu tenho essa série para ler aqui na minha estante mas não tive oportunidade de ler ainda, confesso que li a sua resenha meio por cima pra mim não pegar spoiler. Mas que pena que o livro não foi tudo aquilo, mesmo assim ainda quero ler para dar minha opinião.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Confesso que a sua resenha me desanimou para ler todos os livros de A Seleção hahaha. Odeio personagens metidos (exceto o Draco, Draco é mozão) e acho que vou continuar passando longe dessa saga.

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li o livro, pois tenho muitas ressalvas. Minhas amigas leram e algumas literalmente odiaram a protagonista! Então no momento eu não pretendo ler o A Herdeira. Mas ele está na minha listinha de desejados.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Quando li A Seleção já mal suportava a América, então acho que A Herdeira é um livro que vou deixar passar Kk prefiro continuar com a história terminada na cabeça do que acabar pegando raiva dos personagens.
    Vitória Zavattieri
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  20. Olá. Vejo muitos elogios sobre esta série, mas não tenho curiosidade em lê-lo. Não sei, não gosto do triângulo amoroso e já ouvir horrores de mal em relação a protagonista.
    E por parecer mais romance do que distopia, isso me incomodou bastante.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias