No Meu Mundo

06:00



Capítulo 14


— Droga! — exclamei, desconsolado — Então ele está mesmo aqui. Como é que eu não previ isso? Deveria ter feito uma emboscada. Tarde demais!
Eu precisava de um plano para pegar Adramelech. Correr atrás dele como em uma brincadeira de gato e rato não funcionaria. Vinha não funcionando há décadas. Eu precisava encurralá-lo. Seria simples se eu pudesse sentir o cheiro do sangue dos bruxos, bastaria seguir o odor e esperar que a besta aparecesse para saciar seu apetite macabro. Mas, inabilitado de farejar como eu estava, essa idéia não se aplicava.
Teria que confiar apenas nos meus olhos e nos meus instintos. E esperar sinceramente que ambos não me decepcionassem. Talvez eu orasse ao Deus do Messias? Será que ele poderia mesmo me dar uma resposta, ou me mostrar o caminho que deveria seguir? Quem sabe? O pensamento me fez rir.
Rodei durante muito tempo por entre o povo que continuava de vigília. Prestei atenção a cada rosto, cada gesto suspeito. Era incrível a diversidade do povo que ali estava. Mulheres, crianças. Santos e ladrões, sãos e aleijados, ricos e pobres, compartilhando o mesmo espaço. Alguns oravam, outros se penitenciavam. Alguns cantavam, clamavam para ter seus pedidos atendidos. Impressionante era a palavra que descreveria tudo aquilo. Cheguei a abordar algumas pessoas, só para me decepcionar ao descobrir que não era Adramelech.
Encontrei muitos vampiros em meio aos humanos. Cada um a procura da salvação, ao seu modo, mesmo que apenas pelo sangue daquelas pessoas. Deduzi que muitos deles morreriam ao beber sangue de bruxos, sem a possibilidade de distingui-los pelo cheiro. Apesar de eu não ser provido de tantos sentimentos, especialmente ao que se referia a monstros como eu, senti piedade por aquelas criaturas. Afinal, cada um deles não tinha também uma vida, ainda que não plena, mas uma existência que, como tal, valia alguma coisa? As dúvidas deveriam ser outro efeito da proximidade do Messias, pois eu sempre tivera plena certeza de que a sobrevida miserável de um vampiro não valia nada.

Mais em: www.raquelpagno.com

You Might Also Like

0 leitores apaixonados❣️

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Créditos

Template base por: Ipietoon Cute Blog Design
Modificado por: Ge Benjamim Ge - Capista, Diagramadora e Web Designer

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias