Resenha # NOSFERATU

05:00

Resenha do Livro NOSFERATU, de Joel Hill



Sinopse:

Victoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa sua estranha capacidade, pois sabe que ninguém acreditaria. Ela própria não entende muito bem.
Charles Talent Manx também tem um dom especial. Seu Rolls-Royce lhe permite levar crianças para passear por vias ocultas que conduzem a um tenebroso parque de diversões: a Terra do Natal. A viagem pela autoestrada da perversa imaginação de Charlie transforma seus preciosos passageiros, deixando-os tão aterrorizantes quanto seu aparente benfeitor.
E chega então o dia que Vic sai atrás de encrenca... e acaba encontrando Charlie.
Mas isso faz muito tempo e Vic, a única criança que já conseguiu escapar, agora é uma adulta que tenta desesperadamente esquecer o que passou. Porém, Charlie Manx só vai descansar quando tiver conseguido se vingar e ele está atrás de algo muito especial para Vic.



Algumas pessoas têm dons, dos mais diversos tipos. Vic, ou simplesmente a Pirralha, como o pai gosta de chama-la, aos oito anos de idade descobriu o seu.

Ao presenciar uma briga entre seus pais, por causa de uma pulseira perdida, ela monta em sua bicicleta Raleigh, grande para seu tamanho e sai pelo bosque. Quando chega ao rio, ela encontra uma ponte (que não deveria estar ali), ela fica na dúvida se atravessa ou não. Por fim, ela entra na ponte (daquelas que são cobertas) e quando chega ao outro lado, para sua surpresa, está em outro lugar. Ali ela encontra a pulseira que a sua mãe tinha perdido e retorna para casa.

Ela nunca contou para ninguém como foi que encontrou, sempre omitindo ou mentindo. Ou simplesmente criando uma história e passando a acreditar nisso. A despeito da ponte. Esse é o dom de Vic, ir a lugares que seria impossível ir de forma natural. Bastava atravessar a ponte e pronto, encontrava o que havia sido perdido.

Belo dia, ela quis explicações sobre esse dom, e aí ela vai parar em Aqui, uma cidade onde mora uma adolescente que também tem um dom, Maggie. E Maggie conta o que sabe e avisa, tem uma outra pessoa que tem sua própria ponte e é para Vic evitar essa pessoa: Charlie Manx.

Acontece que muita gente não acredita muito em avisos, profecias, ou coisa parecida e um belo dia, Vic sai procurando encrenca, e encontra aquele que não era para encontrar.

Ela consegue fugir de Charlie, sendo a única criança que consegue tal feito. E ainda consegue derrotar (?) o homem.

Anos depois, Charlie volta... e quer vingança. E aí meus amigos, o bicho pega, pois ele vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para conseguir o objetivo.

É claro que além disso, Vic tem que fazer com que pessoas acreditem no que Charlie Manx é de verdade, mas como ela fez uma passagem por um hospital psiquiátrico, isso não será tão fácil. Assim, o duelo entre Charlie e Vic é inevitável.

Bem, há de se avisar que Joe Hill é filho de Stephen King, do qual sou fã. Partindo desse princípio, imagina-se que o filho tenha herdado algum talento para escrever como o pai.

Já adianto: tem. E muito.

Nosferatu é uma obra tensa, onde o leitor não imagina o que possa acontecer. Terror, tanto psicológico quanto aquele que estamos acostumados a ver.

Só posso dizer uma coisa. Nunca entre no Rolls-Royce de Charlie. Com a placa NOS4A2, ela é exatamente o que você imagina. É fruto de uma mente doentia e a passagem para um mundo louco, onde as crianças não são exatamente aquilo que você pensa.

Primeiro livro que li de Joe Hill (tenho outros e em breve poderemos ter resenhas) e já gostei muito.

Recomendo.


Antonio Henrique Fernandes
Autor e resenhista em parceria.




You Might Also Like

34 leitores apaixonados❣️

  1. Joe Hill tem livros ótimos, se foi o primeiro que tu leu dele, leia os outros.
    Nosferatu ainda não, mas pelo que percebo vou gostar bastante *-*

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helena,
      Sim, pode ter certeza que irei ler todos eles.
      bjs

      Excluir
  2. Ainda não conhecia o livro, se não me engano, já ouvi falar do autor, fiquei interessada na leitura, mais um pra minha interminável lista de leituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniela,
      Quanto a lista interminável somos dois hehehehe.
      bjs

      Excluir
  3. Olá Antônio
    Ainda não consegui ler nenhum dos livros do Joe, mas Nosferatu já está nas metas de 2016, nossa achei a história bem interessante e parece ter uma pegada bem macabra também, espero gostar bastante *-*
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniele,
      Tenho certeza que irá gostar. E já estou providenciar as leituras dos outros livros.
      bjs

      Excluir
  4. Oii
    Não conhecia esse escritor, a história chamou muito a minha atenção, espero ler esse livro em breve, ótima resenha😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elay,
      Obrigado, e recomendo mesmo a leitura.
      bjs

      Excluir
  5. Oi, Antonio! Parabéns pela resenha!
    Falam muito bem do Joe, que o cara manda super bem assim como o pai. Eu confesso que não leio pq sou medrosa hahaha não leio terror, não. :P
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca,
      Obrigado, Joe Hill tem muito talento e sou muito fã do pai. E tenho certeza que iria gostar da leitura. ela te prende.
      bjs

      Excluir
  6. Olá!

    Antonio, parabéns pela resenha! Muito bem escrita. Não sabia que o Joe era filho do rei Stephen, então já sei que o livro é muito bom. Não leio muito esse gênero, mas acho que pra sair da zona de conforto literária, a leitura vem em boa hora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamila,
      Obrigado. Realmente o livro é muito bom, independente de Joe Hill ser filho de Stephen King. Pode ler sem susto.
      bjs

      Excluir
  7. Oi..
    Ainda não conhecia o livro, mas achei sua resenha interessante..
    quem sabe me arrisco na leitura um dia..
    valeu pela dica.
    aguardo outras resenhas do autor.
    abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Obrigado, pode se arriscar que nao vai se arrepender.
      bjs

      Excluir
  8. Oiiie
    poxa, que bom que curtiu tanto a leitura, eu sempre tive muita curiosidade pelo autor mas ainda não tive oportunidade de ler nenhum, gosto muito do gênero e vou anotar a dica para tentar ler em breve

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catharina,
      Tudo bem? Espero que vc tenha a oportunidade de ler. tenho certeza que irá gostar.
      bjs

      Excluir
  9. Meu primeiro contato com o Hill foi com O Pacto, e tenho Nosferatu na estante há cerca de um ano, desde o lançamento. Solicitei em parceria, mas deu um rolo danado, o livro atrasou eles me reenviaram e acabei perdendo o prazo pra ler e lá está ele me olhando. Ele não gosta muito de ser comparado ao pai dele (Stephen King), mas bem se vê que esse é o caso mais verdadeiro de Filho de Peixe, Peixinho é... é um talento nato, se esse é seu primeiro livro, leia os demais... ele é realmente incrível...

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raíssa,
      Assim que puder vou ler os demais.
      obrigado.
      bjs

      Excluir
  10. Oi, adorei a capa, o livro parece ser bom. Ainda não conhecia o autor, da pra acreditar? haha

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      O livro é realmente muito bom, eu recomendo.
      bjs

      Excluir
  11. Hello!

    Nunca li nada da Joel Hill, e de cara já gostei mto da capa de Nosferato, Arqueiro sempre arrasa nas artes de capas, eu gosto mto.
    Adorei a resenha e fiquei super curiosa pra ler o livro, apesar de nao ser fã de terror, o clima de suspense me ganhou.
    pode deixar que Nunca vou entrar no Rolls-Royce de Charlie, hehe...a ideia da placa foi mto doida.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Bom, o clima de suspense é ótimo, prende a atenção do leitor. Eu achei a placa o máximo. e bom saber que nao vai entrar no Rolls-Royce do Charlie hehehehe.
      bjs

      Excluir
  12. Oiie. Eu não conhecia obra nenhuma do autor, nunca fui de ler esse gênero, mas ano passado resolvi ler Joyland e gostei, portanto acho que essa bra eu posso ler né?
    O que mais me intrigou é essa ponte, gente que coisa maravilhosa poder ir a qualquer lugar. Ter dons deve ser o máximo. Fiquei curiosa para conhecer Vic.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi
      Obrigado, Joyland é do pai de Joe Hill, o mestre Stephen King, e também tenho esse livro, que espero ler o mais breve. O problema é que para usar essa ponte o preço nao é baixo.
      bjs

      Excluir
  13. Olá!
    Meu primeiro contato com Joe Hill foi através de A Estrada da Noite, mas o primeiro livro que de alguma forma me ''apresentou'' ao autor foi O Pacto. Foi o primeiro livro que vi do autor e imediatamente tive vontade de lê-lo. Até hoje não iniciei minha leitura desse livro por falta de oportunidade, mas pretendo lê-lo em breve.
    Sobre Nosferatu: já conhecia esse livro de nome mas ele nunca me atraiu. Infelizmente continuo mantendo minha opinião, mesmo após sua resenha, mas acredito que todos merecem uma chance. Quem sabe futuramente?
    Ele realmente tem muito talento. E como se não fosse suficiente, é filho do mestre King, meu autor favorito. Se talento passa de geração para geração, com certeza ele herdou do pai.
    Abraços!
    http://blogladoescuro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi

    Caramba, não sabia desse parentesco!!!!

    Já imagino como o livro é então!!!!

    Adorei a premissa, é bem o estilo que eu gosto e não o conhecia! Tenho que admitir que pelo título, jamais imaginava o conteúdo do livro!!!!

    Adorei!!!!!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      O livro é muito bom, vale a pena a leitura.
      bjs

      Excluir
  15. Uou... Comecei a ler a resenha e fui desanimando, desanimando até que quando estava quase dizendo "vou pular esse livro" eis que você vem com as notícias de que a escrita do filho é tão boa quanto a do pai e que o livro é envolvente e assusta. Droga, agora tenho que ler. E eu tô pobre pra comprar mais livro. Aff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      espero que leia e goste, do mesmo jeito que eu.
      um abraço,

      Excluir
  16. Olá...Antonio, tudo bem??
    Gostei muito de sua resenha... tenho a imensa vontade de ler algo do autor e tenho um livro dele aqui, só não me recordo do nome no momento.... então sim... amei essa premissa... adorei o pano de fundo escolhido para desenvolver enredo da história e claro que filho de peixe... peixinho é... Xero!

    ResponderExcluir
  17. Olá td bem ?
    Sua resenha ta bem recheada parabéns,tava com um livro desse autor acabei não lendo 😐

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Celina,
      Espero que recupere o livro. Vale a leitura.
      um abraço,

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias