Resenha # Filho Adotivo

18:02

Ofélia está apreensiva. Seu casamento pode desmoronar. Paulo, seu marido, e os sogros cobram uma criança que não vêm.De repente, à sua porta, está a solução: um bebê deixado na soleira da casa em uma noite de inverno.Caio, filho querido, cresce sem saber que é adotado. Tem uma vida tranquila até a juventude, quando se apaixona por Cidinha. E então tudo começa a mudar.Do outro lado da vida, Antônia, a mãe biológica de Caio, aflita, tenta por todos os meios interromper o namoro do filho. Desesperada, pede ajuda a Antônio Carlos.Mas por que esse casal que se ama tanto não pode ficar junto? Que segredo envolve suas vidas? Qual a razão do desespero de Antônia?Esta trama envolvente retrata o quanto o amor materno é incondicional, sem limites e vivo, mesmo do outro lado da vida.






Autora: Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho
Páginas: 204
Editora: Petit
Onde Comprar: Amazon  //  Submarino  //  Saraiva  //  Petit
Classificação:  






Ofélia veio de uma família humilde e tem como irmãs Rosa e Zélia, elas vivam em harmonia até que Ofélia conhece Paulo e namorado da sua irmã Rosa e acaba se apaixonando por ele, então Ofélia e Paulo acabam se aproximando e se casam mesmo contra a vontade dos pais dele, já que vinham de uma família abastada.


Ofélia vivia feliz e cheia de vida com seus filhos e marido, até que um dia ela sofre um acidente para salvar sua filha Carla e acaba ficando com sequelas, mas passava por casa etapa pedindo sempre forças a Deus. 


Ela tem como filhos: Caio, Sérgio e Carla, sendo Caio o filho que deixaram em sua porta quando ainda não conseguia engravidar, mas as pessoas que sabiam desse fato eram somente seu marido e sogros e por incrível que possa parecer, era ele o filho mais carinhoso e dedicado a sua mãe.



"Quero todos como mãe, da mesma forma, mas Caio amo diferente, talvez por ser adotivo. Será que se,  soubesse teria o mesmo amor?
Página 22


Caio estuda administração e namora firme com Cidinha, amiga de sua irmã Carla. As famílias se conhecem e torcem por esse casamento, mas através de Antônia, a mãe desencarnada de Caio, ficamos sabendo de um grande segredo que somente ela sabe e pede auxílio ao também desencarnado Antônio Carlos para resolver aquela situação que não poderia prosseguir.


Antônia arrependida da vida que levou conta a Antônio Carlos sua história e a de Caio e em como foi ambiciosa e ao mesmo tempo inocente.


No decorrer da história, ficamos sabendo que não era só na família de Caio que tinha segredos, mas na de Cidinha também e com a ajuda dos bons espíritos Paulo ( pai de Caio ) e Marcelo ( pai de Cidinha ) desabafam um com o outro e uma preocupação surge.


Caio fica sabendo do segredo que envolve sua vida , fica triste, mas como uma pessoa iluminada não sente raiva da situação e nesse mesmo dia acaba encontrando amigos que o convidam para uma reunião espírita.



" Caio sentiu-se bem entre eles e lembrou-se que orar sempre lhe fazia bem. Talvez fosse o que necessitava no momento."
Página 123 



Por causa dessa experiência Caio se encontra e toma coragem para dar um novo rumo em sua vida e enquanto isso acontece, ficamos sabendo dos detalhes  que culminou no desfecho da vida de Ofélia, que teria que resgatar todo o mal que fez no passado.




Sempre quando peço a editora um livro com a temática espírita, mesmo lendo a sinopse, não sei de fato o que esperar, mas como sempre acabo me surpreendendo e com Filho Adotivo não foi diferente.


O enredo é lindo me emocionei várias vezes lendo, ainda mais com os personagens em busca de acertar o que erraram em suas vidas passadas.


A capa é singela porém realmente mostra o amor de uma mãe por seu filho, saindo ou não de seu ventre.

A diagramação é singela, mas com o tamanho da fonte bem confortável para a leitura.

A revisão como sempre está impecável, como sempre.







You Might Also Like

12 leitores apaixonados❣️

  1. Nossa, deve ser uma história bem marcante. Não sei como ainda não tinha ouvido falar dessa obra, mas me interessei bastante. A capa está linda! Imagino mesmo que o enredo deve ser emocionante.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Olá Michelle!!!
    Sério que eu vejo muito livros espíritas mas ainda não li nenhum pelo menos totalmente explícito para esse lado.
    Eu meio que já desconfio porque os dois jovens não possam ficar juntos, mas talvez eu esteja errada...
    Gostei da resenha e o livro parece ser bem interessante.
    Abraços!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Que capa lindaaa!! Não tenho costume de ler livros espíritas!! Fiquei curiosa com esse livro, parece nos ensinar uma grande lição de vida.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Premissa muito interessante. Adoro histórias com conflitos e mistérios, e quando envolve familiares fica mais intenso. Ainda não li nenhum romance espirita, mas este ficou tentado a ir para lista. Ótima dica.

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Ao contrário de vc, eu não sou muito afoita a livros espíritas, não curto muito. A premissa parece ser realmente interessante, mas não é o tipo de leitura que eu faria. Fico feliz que seja sempre surpreendida pelo estilo, ele, infelizmente, não me abraça muito bem... rsrs

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Nossa... deve ser bem emocionante mesmo! A carga emocional deve ser gigante! Não li nada espirita ainda, mas não tenho nada contra. Minha mãe já leu algumas coisas e gostou bastante! Vou dar uma olhada nesse, me interessei muito!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Ola Mi lindona eu amei esse livro trás uma grande lição de vida, a capa é linda demais o bebê é fofo, eu amo as publicações da Editora pois sempre levam ao leitor mesmo que não seja espírita uma forma leve de abordar temas de suma importância. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. OI!!!
    Apesar de não gostar muito desse tipo de leitura, eu gostei muito de sua resenha.. parabéns.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá!!

    Adoro ver resenhas com livros espíritas!! Eu vou anotando as dicas!
    Esse ainda não li mas já entrou pra lista. Parece de emocionar mesmo.
    A capa realmente é muito singela, fala tudo do amor de mãe por um filho.
    Parabéns pela resenha.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie Michelle, tudo bom??

    eu adoro livros espiritas, lendo sua resenha percebi que faz tempo que não leio um. Vou add esse na lista, gostei muito do que ele propõe, não tinha lido nada voltado para esse tema.
    Esses livros sempre me tocam muito, e eu adoro cada palavra lida. Obrigada pela Dica.

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    História muito linda e com bastante emoção.
    Eu não leio livros nesse gênero, mas fiquei feliz que você gostou e ficou em vários momentos emotiva.
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Não faz nem um pouco meu estilo. É um genero de leitura que eu passo. Mesmo assim, já ouvi falar muito bem da autora e a sua resenha me deixou com a impressão de que é uma boa leitura. Vou anotar aqui pois é sempre bom ter opções de presente - e tenho duas amigas que amam o estilo :)
    Beijinhos,
    Lica
    http://amoreselivros.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias