Resenha # A Garota do Calendário - Fevereiro

09:00

Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street JournalMia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em fevereiro, Mia vai passar o mês em Seattle com Alec Dubois, um excêntrico artista francês. No papel de musa, ela vai embarcar em uma jornada de descobertas sexuais e lições sobre o amor e a vida que permanecerão com ela para sempre.



Autora: Audrey Carlan
Páginas: 130
Editora: Verus
Classificação:





Após passar um mês único com i maravilhoso Wes, chegou a hora de Mia ir pra Seatle e trabalhar para o artista Alec Dubois.


O seu encontro com seu novo cliente acontece de uma forma bem atípica, mas assim que o vê fica mexida por aquele homem sexy com um sotaque que a deixa doida logo de cara. ( Esqueceu rápido do Wes né???)


"A excitação surgiu através do meu corpo, e eu enrijeci, querendo trazer Alec para mais perto, precisando dele. Quando tentei me deitar no sofá para que ele ficasse em cima de mim, Alec se afastou. Sua testa descansou contra a minha."
Página 18

Alec fica realmente fascinado com Mia e não a quer só como musa inspiradora, mas também em sua cama e como um típico francês começa seus galanteios e em pouco tempo, explode o tesão entre eles.


Mia se vê a cada dia mais envolvida, mas não quer se apaixonar por ele, pois Wes não sai de sua cabeça, por isso ela acaba fazendo um acordo com Alec.



" Alec e eu selamos o acordo de nos amar como amigos e nos tratar com respeito. Desfrutaríamos do corpo e da mente um do outro pelo tempo que eu estivesse lá. Quando tivesse que acabar, acabaria."
Página 58


O que Mia não esperava era que através da sua arte. Alec lhe ensinaria grandes valores, como amar a si mesma, coisa que ela nunca tinha feito na vida.



"...E eu daria aquilo, pois ele estava me dando alguma coisa também: a constatação de que eu era mais do que apenas a Mia irmã, filha, amiga. Eu era uma mulher. Com sentimentos, desejos, aspirações, e não apenas a soma daquilo que minha mãe deixou quando partiu."
Página 87


A exposição de Alec foi um sucesso e a cada pintura Mia se emocionava com tudo que estava vendo e sabendo que sentiria muito a falta dele.


O mês com Alec estava acabando, então sua tia lhe passa o próximo cliente, que era Anthony Fasano, um mega empresário de Chicago.






Em comparação ao mês de Janeiro, Fevereiro deixou um pouco a desejar, pois achei Alec muito focado em seu trabalho e sexo, senti falta de um algo a mais.


Os personagens foram bem construídos e o ponto bom desse livro foi o amadurecimento de Mia, pois começou a se enxergar realmente.

A narrativa na maior parte do livro foi rápida, mas em alguns momentos senti uma pequena lentidão.

A capa assim como a diagramação e revisão estão perfeitas.

Que venha Março!!!!

You Might Also Like

8 leitores apaixonados❣️

  1. Olá!
    Como já comentei em outras resenhas, vou começar a ler essa série quando tiver ela completa ou quase. E a louca aqui já está especulando o que a reserva em dezembro, já que cada mês é um cliente. :)
    Curti muito a resenha desse!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Não comecei a ler a série ainda. Já li muitas resenhas a respeito, por isso preferi esperar a poeira baixar um pouco. Legal que Mia mostrou amadurecimento, mas é uma pena que o enredo ficou abaixo do anterior.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Sinceramente, não consigo me interessar por essa série! Acho muito clichê! E olha que já li várias resenhas positivas a respeito. Sei lá, acho que essa leitura não é para mim...
    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Ola tudo bem?
    Eu leio essa serie porque iniciei e não consigo mais parar até saber o desfecho, mas não recomendaria a leitura a ninguém. Eu não acho nada relvante nessa serie, a Mia não decide nada, é uma personagem chata e repetitiva. O único ponto positivo é o Wes ( quero um pra mim). Tirando alguns meses nos quais a historia realmente tem conteúdo, os demais deixam muito a desejar. Mas fico feliz que você está curtindo a leitura. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Menina que resenha incrível é essa? Fiquei apaixonada mesmo e adoraria ter a oportunidade de ler essa série, até hoje estou vendo bastante comentários positivos.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Eu queria ler esse livro, mas depois que soube que ela troca de par romântico com frequência demais já meio que desanimei. Gosto quando a personagem gosto de um só, o máximo que consigo lida numa boa é um triângulo amoroso...
    Ainda sinto um pouquinho de vontade de ler, mas vou ter que criar coragem ou pegar o primeiro livro emprestado para saber se vou conseguir lidar com essa garota namoradeira.
    Tua resenha ta maravilhosa a escrita da autora parece ser ótima, meu problema é com harem! kkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Michelle, agora que comprei o primeiro livro da série e tô super animada para começar, pois amo o gênero e tenho certeza que adorarei.
    Que bom saber que a Mia tá evoluindo.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Michele. Realmente não é a primeira resenha que eu leio falando que em comparação ao mês de janeiro, o de fevereiro decresceu bastante, uma pena logo no começo da série ser assim.
    Estou louca para ler os livros da Audrey e espero o fazer logo. As capas são maravilhosas e a histórias bem interessantes.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Créditos

Template base por: Ipietoon Cute Blog Design
Modificado por: Ge Benjamim Ge - Capista, Diagramadora e Web Designer

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias