Resenha #Exorcismo

13:29



Se a ficção consegue ser tão assustadora, imagine o poder contido na história real? Muitos não sabem, mas a obra-prima de W. Peter Blatty, O Exorcista, não se trata de uma invenção. Ela foi inspirada num fenômeno ainda mais sombrio, desses que a ciência não consegue explicar: um exorcismo de verdade.
A história real aconteceu em 1949, e você pode conhecê-la — se tiver coragem! — no livro EXORCISMO, do jornalista Thomas B. Allen, lançamento da DarkSide Books em 2016. Exorcismo narra em detalhes os fatos que aconteceram com Robert Mannheim, um jovem norte-americano de 14 anos que gostava de brincar com sua tábua ouija, presente que ganhou de uma tia que achava ser possível se comunicar com os mortos.
Thomas B. Allen contou com uma santa contribuição para a pesquisa do seu trabalho. Ele teve acesso ao diário de um padre jesuíta que auxiliou o exorcista Bowdern. Como resultado, seu livro é considerado o mais completo relato de um exorcismo pela Igreja Católica desde a Idade Média. Os investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren definiram a obra de Thomas B. Allen como “um documento fascinante e imparcial sobre a lluta diária entre o bem e o mal”.

Autor: Thomas B. Allen
Páginas: 254
Editora: DarkSide 
Gênero: Horror/Terror
Nacionalidade: Estrangeiro





Exorcizámus te

Gosta de terror sobrenatural? E quando ainda por cima é baseado em fatos reais? Então vai adorar esse livro (mesmo depois do que eu vou falar, ainda sugiro que você leia para tirar melhor suas conclusões). Não me arrisco a dizer pra que tipo de pessoa esse livro serve, pra fãs de terror ou para quem quer conhecer essa coisa de Exorcismo mas de uma coisa eu sei, não é pra todo mundo. 
Baseado em fatos reais, essa história é a verdadeira por trás do filme O Exorcista que quase todo mundo já ouviu falar. 

Acredita em Deus? No Demônio? Que ele pode possuir o corpo de um humano? Deus pode tirar ele do corpo do indivíduo? Existe uma guerra espiritual sendo travada? Possessões de fato existe ou não é nada menos que um fenômeno parapsicológico? 

Vamos conhecer Robbie e sua família, Robbie é um garoto de 14 anos que depois de ganhar um novo jogo, o Tabuleiro Ouija de sua Tia Hanniet (que morre depois de algumas semanas causas naturais). Depois que Robbie ganhou o jogo coisas assombrosas começam a acontecer na casa, arranhões, passos, batidas. Os eventos que começaram a acontecer, deixou a família aterrorizada. (Robbie não tinha ninguém pra brincar, filho único, a única coisa que tinha era esse novo jogo, e sua Tia ensinou como usar, ela era espírita e acreditava que podia conversar com os mortos e tal, e falou isso a Robbie). 

Porém, os arranhões significavam algo mais, algo além do seu conhecimento ou da sua experiência. 

As coisas aconteceram antes da Tia Harriet morrer e se intensificaram depois que ela morreu. Eles pensavam que era ela, tentaram até falar com o espírito, dizendo que se fosse ela batesse 3 ou 4 vezes em algum lugar da casa. O espírito respondia que sim, mas parecia que tinha algo a mais por trás disso, bem muito mais.  Daí começaram os arranhões, a cama tremer, e Robbie começou a mudar. Coisas voavam, cômoda e mesa eram arrastadas. Chamaram um pastor (a família de Robbie são Luteranos, não acreditava nisso de Exorcismo), não adiantou nada. Chamaram um padre (não vou me demorar aqui, porque envolve uma história longa e cheia de detalhes. O importante é que mudaram pra outra cidade, e foram atrás de outro padre porque o que acharam na cidade que moravam, não deu conta). 

Você gosta de ficar comigo. Bom, eu também gosto. 

O padre Bowdern foi o escolhido para fazer o Exorcismo. Relutou em fazer, mas por fim fez. Declamava orações em latim, a Deus, a Santos para que tirassem o demônio de dentro do menino. Em meio a gritos, xingamentos, cusparadas e o cansaço, o padre não desistia, sentia que iam conseguir. Noites em claro, mal comia, só queria ajudar o garoto, porque era o certo a fazer. 

Por fim, acho que existe um toque de fábula no Exorcismo, se uma fábula for o véu jogado sobre a face da verdade. 

Minha análise:

Primeiramente toda vez que for falar de um livro da Darkside, temos que falar da arte do livro que é Sensacional, linda e bem trabalhada. 

Livro super rápido de se ler com capítulos pequenos. Mas... Mas... E bem mas... Muita coisa me incomodou. Primeiramente, a leitura é MUITO... MAS MUITO EXASPERANTE/EXAUSTIVAMENTE MONÓTONA. A trama em si, a história do menino, das coisas sobrenaturais é ótima, muito bom. Entretanto, se eu for separar esse livro em porcentagem seria assim: 90% vida dos padres, falando sobre igreja católica. 5% só xingamentos, gritaria e outras bobagem que o menino possuído fala. E os outros 5% detalhes da história e família. Tem momentos que dá um medinho sim, mas é pouco. Tem muita teologia o livro. Eu particularmente gostei mais do último capítulo e uns extras que vem depois, porque o autor vai falar sobre a obra, pesquisas feitas, conversas com psiquiatras e fenômenos que têm explicação natural. Achei super interessante essa parte. Não indico o livro, só para quem de fato gosta e quer saber a história verdadeira por trás do O Exorcista
Obs.: OS nomes dos receptivos personagem são fictícios. 

You Might Also Like

32 leitores apaixonados❣️

  1. Eu não tenho um por cento de coragem de saber essa história baseada, imagina a história verdade. Tremo só de pensar.

    ResponderExcluir
  2. MANO!
    Ler Exorcismo deve ser uma experiência maravilhosa. Mas te confesso que se fosse para eu ler iria passar viu.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha
      Foi tenso em alguns momentos viu. Bjs.

      Excluir
  3. Preciso ler esse livro com toda certeza! Até hoje só vi comentários positivos e isso me atraiu tanto que você nem imagina, gostei de saber a sua opinião mesmo!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, mesmo com a leitura monótona vai gostar de ler. Fico feliz que tenha gostado. Abraços.

      Excluir
  4. Olá! Eu quero muito esse livro, mas não sei quando vou ter coragem de ler, eu amo terror mas quando sei que pode ser real, aí a coisa muda de figura! rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando se trata de ser baseado em fatos reais a coisa pega msm. Hahaha
      Coragem e vai ler um dia.

      Excluir
  5. Olá, tudo bem? Eu amei a sua resenha. Quero dizer, a forma como você escreve e organiza. Sobre a obra, vou deixar passar. Terror não é meu estilo favorito. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo sim. Obrigada, fico feliz que tenha gostado. Bjs.

      Excluir
  6. Oi, tudo bem?
    Eu tenho bastante vontade de ler o livro, mas sou tão medrosa que não sei se teria coragem.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá tudo sim. Tem que ter muita coragem mesmo viu. Mas um dia você consegui. Bjs

      Excluir
  7. Oiii, tudo bem?
    Os filmes eu não tenho coragem de ver, pois sou a pessoa mais medrosa do mundo hahahahah
    Mas os livros eu adoro...
    Mas seus comentários me deixaram um pouco receosa. Se bem que eu acho que os livros da Dark tem essa de serem arrastados. Pelo menos é o que sempre ouço falar. Não que sejam ruins, mas que a leitura seja um pouco mais lenta.
    Mas sabe que eu fiquei com medo lendo sua resenha? Fiquei o tempo todo esperando alguma coisa, sei lá. Esses quotes aí, assustam hahhaha
    beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá tudo sim. Eu amo tudo de terror. Hahaha
      De vez em quando um medinho é bom. Hahaha
      Até agora só 2 da Dark que amei, e olha que tenho 5 livros. São bem assim como você falou. Alguns valem a pena mesmo ler, outros só as capas que chamam você. Super feliz que tenha gostado. Bjs.

      Excluir
  8. Eu não sabia que o livro era mais técnico, digamos assim. Achei que fosse como no filme. Mesmo a edição estando linda, acabei perdendo o interesse. Pena que a leitura foi tão cansativa assim.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei outra coisa também. E fiquei puto por ter sido cansativa mesmo. Pensei que ia ser O Livro. Bjs.

      Excluir
  9. E mais uma vez leio uma resenha um tanto quanto negativa desse livro! não gosto do tema exorcismo e com tantas críticas negativas então, passo!
    Só não entendi por que raios esse garoto aceitou um presente tão bizarro! kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não achei uma boa leitura não. Já que não gosta concordo plenamente, gaste seu tempo com outro livro. Rsrsrs
      Verdade, bizarro mesmo. E também não entendi. Kkkkkkkk

      Excluir
  10. Não consegui nem ver o filme, o livro tenho certeza que nem rola também rs
    A edição é realmente linda, mas não tenho vontade de ler esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem lembro se já assisti, mas acho que já. Kkkkkk
      Linda mesmo. Concordo, tenho certeza que tem livros melhores na sua estante, não perca tempo com esse. Kkkkk

      Excluir
  11. Olá, Mirosmar.
    Seus comentáriosme desanimaram bastante. Pensei que esse era O livro de terror, mas pelo visto não é isso tudo.
    Ainda realizarei a leitura do livro, porém não no momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos isso eu posso garantir, não é O livro. Leia sim um dia, e vai entender o que falo. Rsrsrs

      Excluir
  12. Oii, tudo bem? Eu gosto do gênero e tenho muita curiosidade com a leitura, também porque gostei muito do filme. E essa coisa de ter sido inspirado em fatos deixa tudo mais amedrontador! hahha Resenha linda!!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo sim. Então vai gostar do livro. Verdade deixa mesmo. Fico feliz que tenha gostado. Bjs.

      Excluir
  13. Eu tenho este livro, mas ainda não li. Um tiquinho de medo.kk Mas eu ao livro de ficção O exorcista e foi tranquilo. Mas agora esse tenho receio. Mas assim que eu tiver coragem, vou ler. Pois adoro terror.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem, que legal. Quando criar coragem leia e fale o que achou, gostaria de saber.

      Excluir
  14. Olá, tudo bem? Darkside sempre arrasa nas edições né. Olha pela sinopse, confesso que passaria longe do livro, porém sua resenha me mostrou que apesar de uma partes medrosas, a maioria é teologia, o que não me assusta. Ainda tenho que dar um passo muito grande para adentrar no gênero, o que nesse momento é difícil por não gostar mesmo. Espero futuramente mudar isso e quem saiba O Exorcismo entre na minha lista?!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo sim. Isso é verdade, Dark ahaza nas edições. Apesar dos pesares ele é um bom o livro. Estarei na torcida pra que entre nesse gênero, é ótimo também. Faça isso, coloque ele na lista. Bjs.

      Excluir
  15. Olá!
    Eu amo livros de terror, mas morro de medo de ler O Exorcista, peguei um trauma tremendo quando assisti ao filme quando criança. Tenho certeza que é um ótimo livro e nos dá realmente muito medo, mas acho que não teria coragem hahaha
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! De uma chance pra ler um dia. Rsrsrs
      Eu assisti, mas não lembro quase nada. Hahaha
      Da um medinho mesmo. Bjs.

      Excluir
  16. Oii, tudo bem?
    Desde o halloween e eu resolvi abrir a minha mente para a literatura de terror, amei essa experiencia, pois até então eu não tinha muito habito de ler o genero. Com certeza esse livro já esta na minha lista de proximas aquisiçõe, porque assisti e li várias resenhas super positivas dele.
    Amei o post, parabéns pelo blog maravilhoso.
    Abraços Mary do blog Leituras da Mary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super feliz que tenha gostado do gênero. E não largue nunca mais. Hahaha
      Leia sim, apesar dos pesares é um bom livro.
      Que bom que gostou, volte mais vezes. Bjs.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias