Resenha Filhos do Éden - Anjos da Morte

01:47


Quando o século XX raiou, o tecido da realidade, a barreira mística que separa os mundos físico e espiritual, adensou-se. Os novos meios de transporte, as ferrovias e os barcos a vapor levaram o progresso aos cantos mais distantes do globo, pervertendo os nódulos mágicos, apagando o poder dos velhos santuários, afastando os mortais da natureza divina.
Isolados no Sexto Céu, incapazes de enxergar a terra justamente pelo agravamento do tecido, a casta dos malakins, cuja função é estudar e catalogar os movimentos do cosmo, solicitou ao arcanjo Miguel a criação de uma brigada que descesse à Haled para pesquisar os avanços da civilização. O príncipe ofereceu o serviço dos exilados, que há milênios atuavam na sociedade terrestre, alheios às batalhas que se desenrolavam no paraíso.
Destacados, então, para servir sob as ordens dos malakins, esses exilados foram reorganizados sob a forma de um esquadrão de combate. Sua tarefa, a partir de agora, seria participar das guerras humanas, disfarçados de meros recrutas, para anotar as façanhas militares, as decisões de campanha, e depois relatá-las aos seus superiores celestes.
Esse esquadrão tomou parte em todos os conflitos do século XX, das sangrentas praias da Normandia ao colapso da União Soviética. Embora muitos não desejassem matar, era exatamente isso o que lhes foi ordenado, e o que infelizmente acabaram fazendo.
Em paralelo às aventuras de Denyel, que se desenrolam cronologicamente de 1944 a 1989, acompanhamos também, no tempo presente, a jornada de Kaira e Urakin em busca do amigo perdido, que caíra nas águas douradas do rio Oceanus, durante a destruição da ilha-fortaleza de Athea em Herdeiros de Atlântida.


Autor: Eduardo Spohr 
Páginas: 586
Editora: Verus 
                                        Gênero: Fantasia/Ficção
                                       Nacionalidade: Brasileiro 

Segundo livro da tretalogia Filhos do Éden.

Esse livro você pode ler separadamente, sem ser pela ordem (legal né? mesmo fazendo parte de uma trilogia). Ele vai contar a gênese de um personagem que com toda certeza mereceu ter um livro só dele, Denyel o exilado (citei ele na resenha do primeiro). Vamos conhecer como ele foi convocado para o esquadrão dos Anjos da Morte, como ele se tornou um exilado (se você ler o primeiro livro, vai ver que ele é todo enigmático, todo misterioso sobre seu passado), vamos conhecer um Denyel "apaixonado", um anjo que se corrompeu fazendo coisas que não eram de seus princípios, porque achava que não tinha escolha, um guerreiro que participou das grandes e desastrosas guerras que matou milhões de seres humanos e ele próprio também teve que matar. Esse livro mistura ficção e realidade, onde o personagem participou desde a Invasão das tropas aliadas à Europa, durante a Segunda Guerra Mundial, até a queda do Muro de Berlim, em novembro de 1989.



Em paralelo vamos acompanha Kaira, Ukarin (vocês já conhecem eles da primeira resenha) e Ismael O Executor, em mais uma missão na terra.


O mundo dos homens é um lugar de contrastes, e assim tem sido por milhares de anos. Por vezes ele se apresenta tão ou mais cruel que o próprio inferno, com sua natureza caótica e seus personagens grotescos. Outras, prova-se uma casa de esperança, repleta de amor e ternura povoada por criaturas notáveis.

Privados de observarem a humanidade do Sexto céu, os Malakins resolveram falar com o príncipe dos anjos, Miguel, para recrutar alguns anjos para serem seus bodes expiatórios na terra e relatarem tudo que acontecesse por lá. E depois disso, os exilados como ficaram conhecidos, agora seriam vistos com outros olhos, como assassinos, por outros anjos. Privados de escolher, seus destinos foram selados. Lutaram pela sua honra ou morreram tentando.

Denyel um guerreiro da casta dos querubins, foi convocado (junto com outros mais), a participar de um "esquadrão" para viverem na Haled como espiões e observarem de perto cada passo da raça humana, participando dela, se passando por um humano, pegando seus costumes, suas manias, seus vícios ao ponto de quase esquecerem quem são. Assim eles foram ordenados a passarem todas e absolutamente todas as informações e detalhes a seus líderes os Malakin (são anjos que tem a missão de estudar o universo e a humanidade, podem moldar o tempo e o espaço). E assim Denyel sem nenhuma escolha só obedece, irá conhecer de perto os humanos, seus medos, suas alegrias, suas dores, o lado mais perverso e o lado bom. Verá que a raça humana é mais complexa do que imagina e porque Miguel que acabar com ela, tem tanto ódio pelos humanos. Uma raça que passou por tantos cataclismos e ainda continua viva, que através das suas próprias ações se submetem a mata a si própria.


Os bons soldados são aqueles que aprendem a enxergar os inimigos como desiguais, meros figurantes no teatro da história.

Em paralelo como falei, vamos acompanha a Centelha Divina, Kaira, o Punho de Deus, Urakin e o Executor, Ismael. Com o sucesso da primeira missão, Gabriel tem uma nova missão para Kaira, ela escolhe seus companheiros e juntos vão enfrentar mais ameaças. Kaira tinha pedido ao Arcanjo Gabriel para procurar Denyel (no primeiro livro ele desaparece), porém o Arcanjo não concede o pedido dela e diz pra ela não se desviar da verdadeira missão. Porém... Ela não obedece totalmente e juntamente com seus dois companheiros vão atrás de Denyel, terão que encontrar Egnias, a última das colônias atlânticas, desaparecida desde o dilúvio, e o afluente que, segundo boatos, pode levá-los ao exato local onde está Denyel. Nessa jornada eles enfrentaram outras ameaças com novos inimigos. Kaira ainda tá recuperando suas memórias e descobrirá que seus poderes vão mais além do que ela poderia imaginar.


Como numa peça ensaida, o atirador de elite, ainda escondido, acertou-a, no peito, fazendo as bombas detonaram. O corpo da moça foi estraçalhado, a criança se desintegrou. ----- acabou morto pelos estilhaços, e com ele outros cinco marines.

Sólon, o primeiro dos sete, convoca Denyel para sua fortaleza secreta. Diz que tem uma missão pra ele e que Denyel só se portara a ele e a mais ninguém. Sem escolha Denyel se curva, fica desconfiado, acha tudo muito estranho, mas o que ele poderia fazer? Afinal é um ser muito poderoso que está mandando, se ele desobedecer poderá morrer. Mal sabe ele que a partir daí sua vida não será a mesma, O Primeiro dos Sete, começa a mandar Denyel para as guerras mundanas, se passando por um humano normal, sem levantar suspeitas (quase impossível), irá conhecer humanos perversos, mas também humanos bons. Conhecerá a face dos humanos, aprenderá com eles, conhecerá o amor verdadeiro, a amizade verdadeira e também o mal que existe dentro dos humanos, verá porque o homem é tão especial para Yahweh, porque ele deu o livre-arbítrio. Verá muitos morrerem e infelizmente terá que matar também.

- Sou um guerreiro, Yaga, não um ladrão.
- Está errado, Denyel - ela disse. - Não é nenhum das duas coisas - as trevas a envolveram. - É um assassino.

Denyel conhecerá soldados bons, fiéis a sua pátria, fará amigos e inimigos também. Enfrentará muitas lutas, guerras e verá que a Haled mudará ele, de um jeito que ele não imaginava.

O que eu achei?

Vocês iram sempre ver eu falar que amo o Spohrverso (acredito que foram os fãs que inventaram esse apelido hahaha). E com esse segundo livro não podia ser diferente. Em Anjos da Morte o negócio é mais perigoso, a banda toca mais diferente, a ação, as lutas são mais reais. O tema aqui abordado é bem realista, pra quem gosta de histórias sobre guerras e tal vai adorar esse livro. Escrita como sempre, ótima, tem pessoas que possam achar cansativa e tal, como já vi, por ser um livro grande, porém eu particularmente amo. Eu adoro livros que tratam sobre as guerras que aconteceram de fato no nosso mundo, acho super interessante, por mais que seja triste. Conheci coisas que não sabia, literalmente você tem uma aula de história lendo esse livro. Chegamos à ter quase uma terceira guerra mundial.
O que mais me chocou lendo esse livro (por mais que o autor tenha falado que esses números sejam conhecidos ao mundo, eu não conhecia, e sim por não me aprofundar no assunto), foi o número de mortos, pessoas, humanos, cara foi muita gente, muita mesmo. Chocante literalmente, depois que terminei só refleti sobre as guerras do nosso mundo, o quanto o ser humano é intrigante, complexo e ficamos a imaginar o porque deles matarem a sua própria espécie, a dizimarem trilhões de pessoas. Até podemos imaginar o porque e tal, mas, sei lá, é doido essa de pessoas matando outras pessoas por seja qual for o motivo.

Denyel é O Melhor Personagem, amo muito, com seus sarcasmos, seu humor hora bom, hora ácido e com seu grande amigo O Álcool. Um personagem realmente bem criado. Um personagem  de uma personalidade forte, intrigante. Sério, até parece que ele de fato existe por ser bem criado, acho que todo leitor que ler esse livro se acha parecido com ele em alguma coisa.
E a cada livro conhecemos mais desse universo que o autor criou, que é brilhante, conhecemos mais personagens cativantes e originais, lugares mágicos como Egnias e lugares reais que encantam com suas belezas, como Paris.
Também o interessante é que esse livro traz a duplicidade de vários sentimentos, como do ódio ao amor, da tristeza à alegria, da crueldade à ternura, e assim os personagens enfrentaram todos os dias à viver entre escolher o bem ou o mal, assim como nos dá vida real temos que fazer essa escolha sempre.

Por último como o autor deixou, esse livro é feito de Pólvora, Napalm, Sangue e Lágrimas. Nesse livro o objetivo central está na espionagem, intrigas e paranoia de Denyel. E também na corrupção e na jornada que devastou o mundo nas guerras, que levou ele a crise econômica e moral. Pode ter certeza que você irá sentir a dor dos seus, desses tempos, como se você estivesse lá. E no final do livro, o Edu fala sobre Realidade versus Ficção.

You Might Also Like

46 leitores apaixonados❣️

  1. amei os dois primeiros livros da serie, ainda nao li o terceiro. mas sem duvida parece ser otimo <3
    amei a resenha
    http://dose-of-poetry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa tu vai adorar o terceiro, em breve posto a resenha dele. São livros incríveis. Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  2. Olá
    Legal saber que pode ser lido de forma separada, mas gostaria muito de conferir desde o primeiro mesmo. Mas de qualquer maneira, adorei poder conferir suas impressões a respeito e fiquei bem curiosa diante dos elementos retratados, especialmente por conta dos objetivos e sensações repassadas. Gostaria de ler sim!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Fer. Eu também sou assim, mesmo podendo ler qualquer outro livro de continuação separadamente, prefiro começar do primeiro. Kkkkkk
      Super feliz que tenha gostado e que gostaria de ler, você vai adorar.

      Bjs.

      Excluir
  3. Oi tudo bem?
    Adorei saber que o livro pode ser livro de forma separada, apesar de fazer parte de uma trilogia.
    Gostei bastante de conferir suas impressões e saber que você gostou tanto do livro só me motiva ainda mais.
    Mas acho que vou começar pelo primeiro mesmo, manter todo o suSpencer sobre o passado do protagonista.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo beleza.
      Feliz que tenha gostado. Tenho certeza que vai amar esse personagem, é hilário. Quero saber o que achou depois.

      Bjs.

      Excluir
  4. Oi!
    Não é meu estilo de livro, mas parece uma história bem interessante.
    Muito bom quando os personagens nos encantam, esse Denyel parece deixar a leitura mais leve pela sua personalidade.
    Espero que os próximos livros sejam tão bons quanto esse para você.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris!
      É super interessante mesmo. É maravilhoso quando o personagem encanta assim, esse já é um dos meus favoritos. Obg, postarei a resenha do último em breve. Obg pelo carinho.

      Bjão.

      Excluir
  5. Olá! Já ouvi falar do livro Filhos do Éden, as esse segundo ainda não tinha lindo nada dele. Legal mesmo poder ser lido reparadamente. Acho legal livros de anjos e que mistura ficção e realidade. Que bom que o universo que o autor criou é brilhante e tem personagens cativantes. Duplicidade de vários sentimentos é arriscado, que bom que o autor sobre trazer pro livro isso. Adorei conhecer o livro, anotei a dica. Beijos'
    Blog: www.sejaamavel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dayane! Universo maravilhoso, realmente o autor fez bem feito esse livro, tenho um enorme carinho por esse livro. Obg pela atenção, feliz que tenha gostado. Não irá se arrepender.

      Bjs.

      Excluir
  6. Olá!! :)

    Eu não conhecia o livro mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura!! :) COnfesso que não conhecia o livro e que não faz assim muito o meu género mas...

    Bem, acho bom que tenha personagens cativantes e enmgraçados e que ao mesmo tempo pelo tema e realidade choque tanto o leitor!! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee... Obg, eu realmente amei. É bom sim, torna a leitura melhor, mais leve. Obg pela visita e boas leituras pra ti tbm. ;-)

      Excluir
  7. Oiii

    Confesso que nunca havia pensando em ler a serie, achava que não ia gostar, mas após ler sua resenha, interessei bastante, essa questão da ação, dessa pegada de guerra, nossa eu adoro isso. Vou colocar na lista de desejados. Sua resenha me convenceu.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Rafaella. Mega feliz que você gostou, tenho certeza que vai amar. Tem muita ação mesmo. É incrível. Não irá se arrepender.

      Bjs.

      Excluir
  8. Olá amore,
    Já vi algumas resenhas e comentários desse livro, mas não é algo que eu queira ler no momento pra ser bem sincera.
    Não me interessa muito o gênero do livro.
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gatinha. Quem sabe um dia você leia. 😉
      Obg pela visita.

      Bjão.

      Excluir
  9. Olá,
    Ainda não li nenhuma das obras do Eduardo, mas meus olhinhos brilham toda vez que vejo alguém falando sobre eles.
    Fico ainda mais intrigada em saber que nesse segundo livro tem muito mais ação e que é tudo mais real!
    Conhecer mais sobre Denyel que tem um passado tão enigmático me deixa curiosa. Adorei saber suas impressões.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michele. Então precisar ler algo dele urgentemente, tu vai amar, é maravilhoso a escrita, os livros. Com certeza indico sem medo. Fico super feliz que tenha gostado. Espero que você leia logo.

      Bjs.

      Excluir
  10. Oie! Tudo bem?
    Já li um livro do Escritor e amo demais as histórias que ele cria, por enquanto eu não sei se leria esse livro dele, mas de qualquer forma o quero na minha coleção, para que se em algum dia eu decida ler já o tenha perto de mim!
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Nay, tudo ótimo.
      Então já provou do feitiço do Edu. Hahahaha
      Isso, pelo menos tenha ele na estante, sei que em algum momento você vai se sentir atraída pra ler. Kkkkk

      Bjs.

      Excluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu adoro histórias que contenham anjos como personagens principais, então é claro que esse livro me deixou interessada e fiquei feliz em saber que não é preciso ler o livro anterior. Achei legal saber que o anjo em questão vai à Terra e pega os costumes dos humanos, como se infiltrasse mesmo entre eles e não deixar que ninguém descubra sua verdadeira identidade. Ainda que não goste muito de histórias que envolvam guerras, essa conseguiu me deixar interessada. Dica anotada!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, tudo tranquilo.
      Sério, tu vai adorar a pegada desse livro. É muito bom. Torcendo pra que quando ler curta mesmo ele. Mega feliz por ter gostado e confiado na resenha.

      Bjão. ❤

      Excluir
  12. Olá!
    Eu não conheço ainda a escrita do Spohverso(hahaha adorei!), mas gostei de saber que nesse volume as coisas estão de uma maneira mais real. Acho bem interessante esse tema de anjos e espero poder ler essa tetralogia muito em breve!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol!
      Eu adorei o nome que criaram também. Hahaha
      Então precisa conhecer o mais rápido possível, vai amar.
      Corre pra me contar quando ler, torcendo também pra que leia em breve. Obg pela visita.

      Bjão.

      Excluir
  13. Oi, tudo bem?
    Esse livro em questão eu não tenho vontade de ler, mas assim como você, também gosto de livros de guerra. Alguns são bem gostosos de ler, apesar de uma linguagem às vezes mais pesada e narrativa mais densa. Que bom que você não achou cansativo. Deve ser triste mesmo.
    De qualquer maneira, uma ótima dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia, tudo sim.
      Amo livros de Guerra. ❤
      Verdade tem uns com a linguagem pesada e tal, esses tem uma pegada mais real, um sentimento mais verdadeiro, acredito. Obg pelo carinho, super feliz. 😍😄

      Excluir
  14. Olá!
    Já vi a série e nunca tinha parado pra saber mais dela, adorei saber que a história tem um enredo cheio de guerras e nos faz refletir com as guerras no nosso mundo, além de ter uma aula de história incluída! Esse livro me parece incrível, vou deixar a dica anotada para ler em breve, suas considerações me conquistaram.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Larissa!
      Gata você não irá se arrepender, vai amar esse e os outros livros do Edu. É tudo muito incrível mesmo. ❤
      Torcendo pra que leia em breve. Mega feliz que tenha gostado.

      Bjs.

      Excluir
  15. Muito legal ver o livro do Spohr resenhado aqui. Tenho alguns livros dele, mas ainda não li nenhum. Ainda não sei se irei gostar mas coloquei como meta para esse ano ler A Batalha do apocalipse. Enfim gostei das suas impressões. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico bestinha quando vejo falando dos livros do Edu também. Hahaha
      Aaaaaaaah... Tu vai amar A Batalha do Apocalipse, eu amooooooooo... De paixão. Muito amor envolvido. Torcendo muito pra que você curta, goste e se apaixone também.

      Bjs.

      Excluir
  16. Oi.
    Admito que não li a resenha inteira, pois ainda não li o primeiro livro.
    Mas já o tenho aqui e pretendo ler em breve, na verdade estou ansiosa para ler, mas estou tentando seguir a sequencia de leitura que planejei.
    Muito interessante saber que é um aula de história e que o autor fala sobre ficção x realidade no final do livro.
    E eu adoro ler livros que falam sobre guerras. É realmente muito louco imaginar todas essas pessoas se matando. Mas louco ainda saber que quem declarou a guerra está em segurança, atrás de uma mesa, formulando estratégias que podem sacrificar seus próprios homens, que passam a ser somente números.
    Enfim, pretendo ler em breve e gostar tanto quando você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Bárbara. Eu também tenho uma sequência pra ler meus livros. Ajuda muito, mas também a tentação de passar outros na frente é grande. Hahahaha
      É super interessante mesmo, já que tu gosta do tema e tal sei que vai amar. É muito louco mesmo isso tudo.
      Fico feliz que tenha gostado, espero que leia logo pra gente poder papear sobre ele e espero que goste muitão mesmo.

      Bjão... 😘❤

      Excluir
  17. OOi!
    Que legal isso de poder ler separadamente! :)
    Apesar dos ótimos comentários, não tenho interesse em ler o livro.
    Apesar de amar fantasia, esse não chamou minha atenção. Mas que bom que gostou e parabéns pela resenha.
    Beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Catrine!
      É legal sim. Obg pelo carinho, fico super feliz. Espero da próxima trazer um que você possa gostar. Hahahaha

      Bjs.😘

      Excluir
  18. Eu sou um dos fãs da obra do autor, e fico contente que o livor possar ser lido independente da ordem. realmente são impressionantes os números alarmantes de mortos por várias causas desumanas que o autor apresenta na obra. Fiquei curioso para ler esta sequência, pois até agora só li o primeiro. Gostei de sua resenha e como você resolveu nos apresentar a obra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaaaaaaaaaaaaaaah... Um fã. ❤
      Então rapaz cuide em ler todos, vai amar a cada livro. Agora vem cá e me diz de que casta tu é? Hahaha
      Fico mega feliz que tenha gostado, muito obg.

      Abração!

      Excluir
  19. Oie, tudo bem? Acredita que acompanho a carreira dele desde o início lá no jovem nerd, já o entrevistei por 2 vezes e não terminei de ler os livros até hoje? Pois é. Mas mesmo sem ter terminado a leitura, sei que são livros magníficos. Até onde cheguei na leitura, o que mais amei foi a mistura da realidade com fatos históricos. E amei sua resenha, foi bem completa.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Nelmaliana, tudo ótimo.
      Sério? Não creioooo... Ah se eu tiver uma oportunidade dessas. Amo o Edu, seus livros. ❤😍
      Então precisar ler urgentemente. Eu também amei essa mistura, gosto disso. Fico Mega feliz que tenha gostado, isso me ajuda a progredir ainda mais. Vai ter resenha do terceiro ainda.

      ❤😘😄

      Excluir
  20. Olá!
    Já ouvi muita gente falando super bem desses livros e eu não fazia ideia de que podiam ser lidos separados haha
    Não é uma premissa que me atrai, por isso acho que não leria, mas sua resenha ficou maravilhosa, me deu até vontade de ler. Acho o tema super interessante, mas não sei porque, não consigo me sentir entretida.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Duda!
      Fico super feliz que tenha gostado, obg.
      São incríveis mesmo os livros, mas quem sabe um dia você leia. Obg pelo carinho.
      Bjs...

      Excluir
  21. Olá Mirosmar, tenho amigos que adoram a escrita desse autor, ele tem muita imaginação para fantasia
    que deixa o leitor encantado. Eu ainda não li nada no momento, mas tenho uma meta de conhecer novos
    autores e novas histórias. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Danielle! Diga a seus amigos que os amo. Kkkkkk
      Realmente ele é incrível, tem uma imaginação brilhante.
      Leia sim, vai adorar. Faça isso, tem autores e histórias incríveis mesmo. Bjs!

      Excluir
  22. Olá, tudo bem por aí?

    Essa série é uma das minhas metas para 2017, inclusive, o primeiro volume está incluso no meu Desafio Literário. Que bom que essa leitura te agradou, assim como as outras obras do Spohr. Quero muito conhecer a escrita dele, acho que não vou me decepcionar.

    Abraços.
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gleydson, tudo ótimo.

      Uhruuuuuuuuuuu... Quero saber o que tu achou com certeza, vai adorar esse universo, a escrita do Edu é maravilhosa. Com certeza não vai se decepcionar.

      Abraços!

      Excluir
  23. Tenho o primeiro livro mas ainda não o li por não gostar muito da escrita do autor. Já me disseram que amadurece de acordo com o desenvolvimento dos livros, mas ainda não me animei a voltar a le-lo, apesar de toda a positividade que o cerca.

    E outros livros podem te fazer pensar em como as guerras trazem perdas para toda a humanidade... Livros do John Boyne, por exemplo, comece pelo O menino do pijama listrado e para ver o estrago das guerras, também o livro Malala - a menina que queria ir a escola. São impressionantes e nos coloca num lugar que te faz refletir sobre o que você fez quando aquilo aconteceu. Isso mais no Malala é claro, pois é mais recente.

    Talvez eu comece a ler os livros do Spohr!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Priscila!

      Espero que se anime pra ler um dia, realmente amadurece no decorrer dos livros. Obg pelas dicas, com certeza vou anotar todos. Obg pela visita. Abraços!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias