Resenha #Filhos do Éden - Paraíso Perdido

19:57

No princípio, Deus criou a luz, as galáxias e os seres vivos, partindo em seguida para o eterno descanso. Os arcanjos tomaram o controle do céu e os sentinelas, um coro inferior de alados, assumiram a província da terra.
Relegados ao paraíso, ordenados a servir, não a governar, os arcanjos invejaram a espécie humana, então Lúcifer, a Estrela da Manhã, convenceu seu irmão – Miguel, o Príncipe dos Anjos – a destruir cada homem e cada mulher no planeta. Os sentinelas se opuseram a eles, foram perseguidos e seu líder, Metatron, arrastado à prisão, para de lá finalmente escapar, agora que o Apocalipse se anuncia. Dos calabouços celestes surgiu o boato de que, enlouquecido, ele traçara um plano secreto, descobrindo um jeito de retomar seu santuário perdido, tornando-se o único e soberano deus sobre o mundo.
Antes da Batalha do Armagedon, antes que o sétimo dia encontre seu fim, dois antigos aliados, Lúcifer e Miguel, atuais adversários, se deparam com uma nova ameaça – uma que já consideravam vencida: a perpétua luta entre o sagrado e o profano, entre os arcanjos e os sentinelas, que novamente, e pela última vez, se baterão pelo domínio da terra, agora e para sempre.

 Autor: Eduardo Spohr 
Páginas: 560
Editora: Verus 
                                        Gênero: Fantasia/Ficção
                                       Nacionalidade: Brasileiro 

 Terceiro e último livro da tretalogia Filhos do Éden



Todos os mundos, céus e infernos vivem eternamente dentro de nós. 

Esse livro é dividido em três partes. Essa resenha pode ficar meio vaga, pra não correr o risco de sair spolier. 

Na primeira parte vamos acompanhar Kaira, Ukarin e Ismael ainda em busca de Denyel, e lógico, ela ainda continua desobedecendo o Arcanjo Gabriel, mas dessa vez eles são levados a outra dimensão, a Asgard, lar dos deuses nórdicos. Cara e que Foda eu achei o Edu ter colocado essa mitologia no meio, eu adorei. Lá eles enfrentaram inimigos poderosos, com certeza muitas lutas sanguentas terá pela frente. E lógico sem deixar de procurar saber sobre o paradeiro de Denyel. Essa primeira parte vamos conhecer um pouco sobre esse mundo nórdico, seus personagens, seus deuses, vilões e lugares incríveis. E também acompanharmos como ela fará pra sair de Asgard, terão que cumprir algumas missões e com direito a uma bela batalha no final. Será que encontrarão Denyel? 


Foi assim, sob as estrelas de Shadair, que o mais reto dos generais sucumbiu. Não pela forças das armas, mas graças a um impulso lascivo, que no começo lhe parecera capricho, mas acabaria por se revelar algo maior.
Muito maior.


Na segunda parte. Vamos conhecer Ablon um querubim (quem leu A Batalha do Apocalipse, sabe que esse é o personagem principal do livro) e Ishtar, sua companheira nessa missão. Aqui mostrará o passado dele. Onde o Arcanjo Miguel manda ele à procura de Metraton (o vilão), para prende-lo vivo. Porém ele não sabe que sua tarefa não será nada fácil, sabe que Metraton é um poderoso oponente, mas descobrirá que O Rei dos Homens da Terra é mais poderoso do que imaginava. Terá que enfrentar entidades poderossimas, inimigos fortes. Ablon e Ishtar irão se dividir e enfrentar os Três Pilares assim poderão ir atrás de Metraton. E descobrirá que sim, esse algo Muito Maior poderá salvar uma pessoa que está quase morrendo, que se dada a motivação certa, você pode vencer. E com uma luta de abalar o planeta, de clarear os confins do mundo entre Metraton e Ablon. O que tiver mais força de vontade,  verdadeiras intenções sairá vitorioso. 
Será que Ablon ganhará? Conseguirá prender Metraton? 


-O mundo está caminhando para o Apocalipse. Os sinais são inegáveis. O tecido da realidade está se esticando e logo vai se fragmentar. Se não interferirmos agora, os próprios seres humanos se destruirão, mas ainda há uma chance, a última oportunidade de salvar esta terra. 
Nessa última parte é onde a primeira e a segunda se unem com a terceira. Não será spolier o que vou falar, até porque tá meio óbvio. Metraton é preso por Ablon (você verá mais na última parte falando disso e lógico pra saber como e tal, você terá que ler hahaha), Kaira e Urakin encontrão Denyel (terá que ler pra saber mais sobre isso, super foda). E agora com Kaira cumprindo sua missão de matar Metraton (terá que ler pra saber como ele escapou), eles terão que enfrentar a última batalha das suas vidas, como conseguirão enfrentar um inimigo poderoso em vários aspectos? Afinal ele é O Primeiro Anjo, o primeiro que Yahweh criou. Deverão descer até o Hades para enfrentar o inimigo. Como Kaira vencerá ele? E ainda por cima, no território dele? Uma simples arconte. Os Arcanjos não são os mais poderosos do universo? Por que eles mesmos não matam Metraton? Como Denyel, Urakin e os outros enfrentarão as legiões de Hades? Afinal eles estão em menor número. E com uma batalha incrível, com muitas mortes, sangue, lutas, ação, se concluíra essa trilogia que deixará MUITAS SAUDADES. 

"Paris é adorável nessa época do ano" e "Nós sempre teremos Paris

O que eu achei? 

Puta que pariu... Livro FODASTICO... Eu simplesmente não sei o que falar direito desse livro. Não sei o que sentir ao certo. Narrativa como sempre maravilhosa, excepcional, que envolve o leitor. Amei a junção das mitologia que o Edu fez, certo que pela resenha você possa não entender bem, mas garanto quando ler você vai amar. Nada me incomodou, nem o excesso de informações que tem (já vi gente reclamar, um detalhe que você precisa saber, se for começar ler algo  pela primeira vez do Edu, é que pode se preparar porque é muita, mas MUITA informações que os livros trazem consigo, mas não se assuste tanto, não é ruim não. Não me incomodou em nada, acho até coerente). Deixei pra comentar isso só agora no último. Ele detalha incrivelmente as lutas, as batalhas, não deixa a desejar nisso, detalha cada ação, movimento. E o que falar do rumo dos personagens? Eu fiquei sem ação, cada um minimamente trabalhado para ter seu desfecho glorioso, merecido, sem falar que teve alguns que eu me surpreendi pra caramba, jamais imaginava tal final pra alguns personagens. E sem falar de uma baita surpresa sobre X personagem, não imaginaria tal façanha, nunca. Outra coisa super que curti, foi sobre outro  personagem que aparece tanto no primeiro como no segundo livro, porém... O Edu faz seu belo destaque só nesse livro, até a pessoa lendo acaba esquecendo dele um pouco nos outros. 
Sobre o vilão? Super adorei, poderoso, forte, inteligente e de uma causa nobre e boa, porém muito fanático e cheio de si, como todo vilão. 
E sobre o peremptório, o desfecho final eu amei, até a mitologia grega deu seu ar da graça. Não foi um desfecho rápido, muito menos demorado, foi na medida certa. E com a visão de tal personagem enfrentando tal inimigo, intercalados, ficou maravilhoso, porque a ansiedade de ver cada uma, de saber quem ia matar quem só aumentava a cada página. E você só irá largar o livro quando a batalha tiver acabado... 

E o mais importante tirando toda a fantasia e tal. É os sentimentos que os livros aborda. A confiança, o amor, a amizade, a lealdade e tem o lado ruim, a desconfiança, o ódio, a inimizade, a deslealdade. Mas se você soube escolher as pessoas certas, você encontrará essas características em alguém ou em um grupo.
Se existem esses seres todos, eles não são tão diferentes de nós, pelo que vemos, somos todos farinha do mesmo saco, temos do ódio ao amor, eles lutam pelas causas deles e nos pelas nossas, eles tem ambições, nos também, temos uma infinidade de qualidades iguais, talvez fomos o espelho para esses personagens e eles vivem dentro de nós e essa frase pode ter um fundo de verdade: "Todos os mundos, céus e infernos vivem eternamente dentro de nós", mas cada um tem sua filosofia. 
O livro também mostra que a arma mais poderoso continua sendo o Amor, mesmo que você morra por ele ou por causa dele. Os livros é carregado de sentimentos que só você lendo pra entender e saber as lições que eles ensinam. É simplesmente um livro Poderoso em vários aspectos.

Se gostou curta, compartilhe e comente.  Bjão!  

You Might Also Like

28 leitores apaixonados❣️

  1. Concerteza um dos melhores resenhistas do blog! Cara, já sou sua fã. Parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaaaaaaah... Muito Obg Gata, super me deixa feliz seu comentário. Obg pelo carinho e quero melhor a cada resenha. Bjs. ❤😍😘

      Excluir
  2. Oi, tudo bom?
    Como não conheço muito da mitologia nórdica (Thor conta? hahaha), eu fiquei meio perdida em nome de tantos nomes e criaturas mágicas que vocÊ citou na resenha. Alias, alguns anjos que eu já vi na série Supernatural estão envolvidos com Nórdicos, e eu aqui ??? haha. Livros com muita informação de uma vez realmente me assustam um pouco, abandonei A Bussola de Ouro por isso. Não sei se conseguiria ler esse!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Jéssica, tudo ótimo.
      Thor conta sim. Hahaha
      Supernatural? Aaaaaaaaaah... Te amo... Hahahaaha
      Pior que tem muita informação mesmo, particularmente não me incomodou. Mas quem sabe um dia você consiga. Obg pela visita. Bjs. 😘

      Excluir
  3. Oi!
    Já o ouvi falar desse livro. Dizem que é muito bom e pela sua empolgação vejo que gosta muito dos livros, mas confesso que não faz meu estilo.
    Fico contente por você ter curtido muito. ^^
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Crislane!
      São incríveis mesmo.
      Obg, fico feliz por sua visita, mas se conhecer alguém que goste do gênero pode indicar com certeza. Hahaha
      Bjão. 😘

      Excluir
  4. Olá Mirosmar!

    Não sou muito fã de livros de mitologia, to penando até hoje para conseguir concluir a Odisseia. Nunca lembro o nome de todo mundo e fico perdida na narrativa também. Não tenho muito interesse em ler esse livro por enquanto, quem sabe mais para a frente?

    Beijos e amei a sua resenha. Você escreve muito bem.

    http://floraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana Claudia!

      As vezes me dá um branco de nomes também. Hahahah
      Vou ficar na torcida pra que um dia leia e amei. Obg pela visita e pelos elogios, me deixa Mega feliz e empolgado pra sempre fazer melhor. Bjs! 😘

      Excluir
  5. Fui até a metade da resenha um tanto quanto... desinteressada. Mas daí veio a parte de "O que eu achei?" e, CARAMBA, preciso conhecer essa narrativa preciosa! Eu vi na livraria um livro especial, colorido e enorme, só sobre a série e seus personagens. Você viu? Parece que sairá um jogo a respeito, de tabuleiro. Esse livro em questão orienta o nível de habilidades dos personagens como se fosse um RPG. Na hora fiquei encantada com o investimento na literatura nacional, mas ainda assim não pensei em ler a trilogia. Agora vejo como fui TOLA, é claro que devo lê-la! Olha essa sua opinião, por exemplo... É tão empolgada, encantada, cheia de vontade de pedir ao mundo que conheça a história desse autor (rs). Enfim, valeu. Você me empolgou.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Francine!
      Aaaaaaaah... Eu tenho esse é Filhos do Éden - Universo Expandido, ele é lindo... Perfeito... Maravilhoso. Depois posto aqui falando sobre ele. Eu tô super, mega feliz que tenha gostado e que te deixou empolgada. Com certeza tu vai amar, vontade que o mundo conheça mesmo esses livros, o autor. É maravilhoso.

      Bjão... 😘😘😘

      Excluir
  6. Oi, tudo bem?
    Acho muito interessante livros que abordam mitologias, ainda mais se forem tão bem colocadas na história. Essa série me chamou a atenção ao ler as suas considerações, achei interessante a parte que você menciona que esses seres são bem parecidos com nós e que são farinha do mesmo saco, já que possuem sentimentos e motivações como qualquer um de nós. Adorei saber que as descrições das batalhas são bem escritas. Espero ter a oportunidade de conhecer a série ainda esse ano, acho que vou gostar!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  7. Oiii!!!
    Tem um conhecido meu que ama os livros do Sphor. Eu nunca li, acho por não ter tanta atração pelos temas que ele aborda. Eu tenho muita vontade de ler, sempre que vejo resenhas sobre os livros dele, são todas positivas, mas acho que ainda não é o meu momento para ler. Pela sua empolgação, a leitura vale realmente a pena. Muito bom saber que um autor nacional está conseguindo conquistar tantos fãs assim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca li nada do Eduardo apesar de ouvir falar muito dele. Não é meu tipo de leitura favorita. Agora preciso dizer que o jeito que tu descreve o livro na parte do "o que eu achei?" foi fodastico! (Usando as tuas palavras). Isso cativa qualquer leitor e faz com que o autor tenha orgasmos de felicidade! Adorei!
    bjos
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ioe!
    opa, opa! Eu ainda não li o livro, mas depois dessa resenha fiquei muito curiosa!
    Sério, como ainda não li esse livro? Não sabia que a história era assim tão empolgante. Preciso dar um jeito de comprar o meu exemplar para aconferir.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não li nenhum livro da série, mas sempre estou ouvindo ótimas criticas a respeito dela. E depois dessa resenha incrível eu estou super ansiosa para poder adquirir o primeiro e embarcar nesse mundo criado pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li este livro... eu disse AINDA, rs.

    Muito boa a resenha. Gostei da paixão com que Mirosmar explicou a história. Vê-se que é um fã doente, rs. Também sou fã do Eduardo; já vi diversas entrevistas dele no Youtube e o cara manda bem mesmo.

    Blog é nota 9.9, rs!

    Abraços p/ todos daqui.

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Não gosto tanto do gênero, mas sua empolgação com o livro é contagiante. Já ouvi falar sobre o autor e ele é sempre bem elogiado, mas acho que o excesso de informação no livro me incomodaria um pouco, mas que ótimo que para você foi coerente. Gostei de saber que o livro aborda sentimentos como a amizade, amor e confiança. Adorei a resenha!

    http://www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  13. Que resenha! Me deu até vontade de comprar para ler o livro, hahaha. Apesar do dome do Eduardo estampar o banner do meu blog, nunca li nada dele, quem ama sua escrita é o meu parceiro no blog, o Rafa. Mas devo confessar que sua resenha trouxe aquela vontade enorme em conhecer mais a obra e já amei saber que ele é mestre em desenvolver seus personagens, surpreendendo o leitor.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem? Olha, confesso que no início não me animei não com a história, mas depois da sua opinião pessoal eu não tenho nem como fugir. Eu gosto bastante do gênero e fico sempre curiosa quando tem mitologia ali envolvida e tal e com tantos elogios a obra eu vou ser obrigada a dar uma pesquisada sobre e ler quando puder. Sua resenha tá ótima e super empolgante, sempre bom saber de obras nacionais. Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oie! Tudo bem?

    Gosto muito dos livros desse autor, ele trás histórias inovadoras sobre temas bastante trabalhados, esse ainda não li. Fiquei parada só em A Batalha do Apocalipse que amei demais realizar a leitura, espero gostar desse livro também, e dos outros dois volumes que vem antes!

    Bjss

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Que bom que você adorou a leitura desse exemplar! Confesso que esse excesso de informação me desanimaria um pouco, porque acho que a leitura não seria muito fluída para mim por causa disso. Mas achei muito importante você citar isso, porque já vou ficar esperta na leitura e espero que goste tanto assim como você.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Eu entendo toda sua empolgação com o livro, eu simplesmente amo a escrita de Eduardo. Ele conseguiu criar uma série de fantasia, que é algo incrivel e a medida que vamos lendo cada livro, vemos a evolução de um enredo que fica ainda melhor. Gostei de como você resolveu apresentar o livro, e concordo com vários pontos citados.

    ResponderExcluir
  18. Olá
    Mesmo nunca tendo me interessado e procurado ler essa história, sua opinião me deixou doida pra conhecer mais dessa história e me aprofundar nesse universo. O ponto que mais me atraiu foi a mitologia e saber que temos uma enorme carga de sentimentos envolvidos. Não sei se leria agora, mas vou confiar na sua opinião e vou deixar a dica anotada!
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Olá,

    Tenho muita vontade de iniciar essa leitura, agora que fiquei sabendo que tem mitologia nórdica no meio me empolguei mais ainda. Não sei bem qual a ordem funciona dessas histórias, mas vou investir nesses livros com certeza. Fiquei encantada com a riqueza de personagens e cenários que você mencionou, isso com certeza é um incentivo a leitura. Adorei sua resenha!

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  20. Oie! :)
    Nossa depois dessa empolgação na resenha, é certeza que preciso ler os livros do Eduardo! Eu nunca li nenhum livro, mas tudo todas as críticas que leio com relação a sua escrita são positivas.
    Sem contar que amo esse gênero de leitura, e quando traz várias emoções ao leitor melhor ainda!
    Vou procurar saber mais com certeza sobre os livros do autor!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi, particularmente não sou a maior fã de livros com anjos e afins, mas gostei de saber que a leitura é positiva e que acaba de uma forma boa, sem correria e sem decepcionar. Gostei também de saber sobre esses sentimentos que você mencionou que são abordados, como o amor e a amizade, isso é muito importante quando inserido de forma correta pelo autor. Mesmo não gostando muito desse estilo mais fantástico, quem sabe eu venh a dar uma chance

    ResponderExcluir
  22. Olá
    muito legal sua resenha e indicação, bem detalhada e parece ser sim uma leitura que vale a pena, porém, fantasia não é o meu forte mas adoro dicas para presentear os amigo e indica a leitura, boa

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Olá!

    Okay, talvez eu tenha mesmo ficado um pouco perdida, talvez muito perdida, em meio a toda essa mitologia citada em sua resenha. Mas me dá um desconto, eu nunca li nada do autor, então não conheço bem o enredo e levando-se em consideração que esse já é o terceiro volume, é normal que eu me perca.
    Mas fico muito feliz em ver muita empolgação em suas palavras, isso me deixa bem animada para realizar essa leitura. Obrigada pela dica.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias