Resenha do livro SUPREENDENTE – Maurício Gomyde

08:00

Resenha do livro SUPREENDENTE – Maurício Gomyde




No cinema tudo é possível. O improvável depende apenas das decisões tomadas pelos roteiristas. Pedro sabia que a vida real era bem diferente. Ele teria uma única chance para realizar seu sonho: produzir o filme perfeito durante uma viagem amalucada com seus melhores amigos e com a menina por quem estava apaixonado. Sem roteiro, ele nem sequer sabia o que queria descobrir na estrada. O mistério em torno de seu amuleto – um olho turco – podia ser pura fantasia.

A única certeza de Pedro era que na vida real os milagres definitivamente não aconteciam.


Pedro era um sonhador. Mas era um sonhador daqueles com a câmera na mão e uma ideia na cabeça. Acho que vocês já ouviram sobre esse tipo de coisa, não é mesmo?

O sonho de Pedro era fazer um filme do jeito que ele queria, bem autoral mesmo e ser premiado com o Jabuti de Ouro, maior premiação do cinema brasileiro.

Seu trabalho era em uma locadora de vídeo, onde ele fazia questão de alugar para os mais incautos os filmes mais clássicos e assim disseminar a arte do cinema desde os mais jovens.

Além da locadora ele alugava um espaço em que usava como cineclube, e toda semana ele passava um filme que não costuma passar em cinemas maiores. Cultos e clássicos. A plateia não era muita, mas ao menos tinha um senhor que sempre estava presente e nunca falava nada.

Foi nesse cineclube, que funcionava no subsolo do Café cultural que ele conheceu Cristal, uma moça que trabalhava como garçonete, mas era estudante de física nuclear. Foi paixão à primeira vista...

Aliás, o maior problema de Pedro Diniz era justamente a vista. Uma doença degenerativa o estava cegando.

E foi depois de um diagnóstico sobre sua vista que Pedro reuniu Fit, seu melhor amigo, Maya e Cristal e, segundo ele, protegido pelo seu amuleto da sorte, vão em uma busca incrível de um filme sem roteiro, apenas seguindo o seu instinto de cineasta.

Tenho que reconhecer que não tinha muitas pretensões quando iniciei a leitura. No entanto, também há de reconhecer que é uma leitura incrível. Nunca imaginei que uma narração simples de quatro amigos tentando fazer um filme, em uma aventura inesquecível seria capaz de mexer comigo.

Sim, me juntei aos quatro, sofri com os quatro, ri com os quatro, mas principalmente, me senti como Pedro em sua trajetória. O herói aqui não tem poderes, pelo contrário, parece ser atingido pelo destino de forma que a gente passa a torcer pelo mínimo de coisa boa que aconteça ao personagem.

Pedro é um personagem que chama a atenção por sua crença imutável de transformar as pessoas com filmes, mas não quaisquer filmes.

Recomendo a leitura.


Antonio Henrique Fernandes
Colunista e parceiro
www.navioerrante.blogspot.com.br





You Might Also Like

38 leitores apaixonados❣️

  1. Um herói muito diferente do que estou habituada.
    Gostei muito
    Parabéns pela resenha :)

    ResponderExcluir
  2. olá!
    Já tinha ouvido vários elogios sobre este livro ,mas nunca senti vontade em lê-lo e agora lendo sua resenha confesso que me emocionei com ela e com certeza será uma das minhas próximas leituras. Me identifiquei muito com o personagem Pedro,pois eu também, além de muito sonhadora,acredito muito em milagres.
    Beijo
    Cássia Pires

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cássia,
      O Pedro é um personagem que encanta e nos prende desde o início, porque ele tem uma ingenuidade que falta aos dias de hoje, que é de modificar as pessoas com coisas boas, no caso dele, cinema de boa qualidade. Precisamos de mais Pedros em nossas vidas.
      bjs

      Excluir
  3. DEvo confessar, nunca li um livro do escritor, apesar de uma amiga sempre insistir pra conhecer o trabalho do autor. Depois da sua resenha, assim que tiver a oportunidade vou ler sim!

    Beijos da Nanáh :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nanáh,
      Tenho dois livros do Maurício Gomyde, mas este foi o primeiro que li e achei excelente. Leia, vai gostar também.
      bjs

      Excluir
  4. Muito boa, Antonio Henrique, a tua resenha de um livro que já tinha ouvido falar mas que não conhecia a história.

    Cinema e literatura sempre propiciam uma combinação muito fértil.

    abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rob,
      Obrigado e com certeza cinema e literatura caminham muito junto.
      um abraço,

      Excluir
  5. Gostei da capa e do título! Sim, existem muitas pessoas como o Pedro e fiquei bastante interessada para ler o livro e acompanhar a sua trajetória. Ótima resenha!!

    Abraço,
    Cidália.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cidália,
      Obrigado, e com certeza existem vários Pedros por aí.
      um abraço,

      Excluir
  6. Meu Deus, fico com a impressão que este livro deve ser bem intenso!
    Já tinha visto a capa dele, por acaso, mas não sabia de que se tratava. E fiquei bastante curiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bea,
      Pode realmente até não parecer, mas o livro é sim bem intenso, e ele nos absorve totalmente.
      um abraço,

      Excluir
  7. Me identifiquei com este livro pois como todos sabem sou roteirista e estou com dois trabalhos indo para a gravação este ano, um deles, um curta metragem, estará no festival de cinema de gramados e está sendo uma baita emoção pra mim. Vou colocar o livro entre minhas leituras deste ano. Parabéns pela dica, a resenha ficou ótima!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriana,
      Parabéns por ser roteirista e iniciando gravação, desejo muito sucesso a você. E Obrigado pelo carinho.
      bjs

      Excluir
  8. parece interessante e envolvente. gostei muito da abordagem e descrição que fizeste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mami,
      Sim o livro é bem interessante, vale à pena sua leitura.
      bjs

      Excluir
  9. O que me interessou mais, foi ele querer transformar as pessoas com filmes. Interessante... Gostei da resenha! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suellen,
      Obrigado, e os filmes, querendo ou não, acabam por modificar de algum jeito que os assiste.
      bjs

      Excluir
  10. Uma história interessante. Gosto de heróis trágicos e estou adicionando o livro a minha lista de leitura desse ano! Caramba, quero ver que filme eles podem ter feito nessa viagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola L. J. Lunewalker,
      Vai adorar a descrição do filme. Vai gostar bastante também do Pedro...
      um abraço,

      Excluir
  11. Gostei bastante da forma como construiu o post, e o livro também parece muito interessante (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Obrigado, o livro é sim, bem interessante. Vai gostar :)
      um abraço,

      Excluir
  12. Oi, Antônio
    Gostei muito da sua resenha. Soube explicar de forma clara do que se trata o livro.
    Gostei mais ainda por ser um livro nacional.
    Vou colocar na minha lista.

    Beijos
    http://sobrecadamomento.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran,
      Obrigado. Sim, devemos dar mais chances aos livros nacionais, e não falo isso porque também sou escritor, mas é porque temos muita qualidade.
      bjs

      Excluir
  13. Já havia ouvido falar sobre esse livro e agora me deu mais vontade ainda de ler! Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Barbara,
      Obrigado, e que essa vontade seja satisfeita.
      bjs

      Excluir
  14. Olá
    Nossa jamais pensei que o enredo desse livro era sobre cinema.
    Preciso ler já, afinal é a união de duas coisas que eu amo, livro e filme.
    Beijuh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renata,
      Literatura e cinema estão sempre juntos. E todo mundo gosta... ao menos nós dois. hehehehe
      bjs

      Excluir
  15. Oie tudo bem?
    Confesso que esse livro não me agrada muito, prefiro mais chick lits sabe. Gostei da sua resenha bem clara e objetiva...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kerolayne,
      Obrigado, cada um de nós temos as nossas preferências né. Então, fica tranquila.
      bjs

      Excluir
  16. Não conhecia o livro, mas me interessei pela leitura e eu tenho uma meta de ler mais livros brasileiros este ano, essa pode ser um oportunidade de conhecer um novo escritor nacional :*

    a-cacheada.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angela,
      Pode apostar, a leitura é muito boa. Temos ótimos escritores nacionais.
      um abraço,

      Excluir
  17. Oie, tudo bem? Já tinha visto o livro pela internet mas confesso que não conhecia o enredo. Pela sua resenha ele parece ser bem interessante. É sempre bom dar oportunidade à obras nacionais não é mesmo? Beijos, Érika ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Érika,
      Com certeza temos que dar oportunidade aos nossos autores (e sou um, entao...:)). Pode apostar que a leitura é muito interessante.
      bjs

      Excluir
  18. A sua resenha ficou fantástica. Eu não conhecia o livro e muito menos o autor, mas agora fiquei com vontade de saber um pouco mais sobre a história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Frank,
      Obrigado, e curta o livro. Vai gostar.
      um abraço,

      Excluir
  19. Olá !!! Ainda não conhecia o livro e nem o autor. Ótima sua resenha !!!
    Me pareceu interessante, vou anotar a indicação.
    bjoooooooo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Créditos

Template base por: Ipietoon Cute Blog Design
Modificado por: Ge Benjamim Ge - Capista, Diagramadora e Web Designer

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias