Resenha # Cada um vive como quer

15:00

Olá leitores!

Que tal uma boa resenha?

O livro de hoje é a obra Cada Um Vive Como Quer do autor brasileiro Rodrigo Bentivenha.

Confira!!!


Enzo sempre teve um relacionamento conturbado com sua família e o fato de seu pai tê-los deixado para viver com outra mulher agravou ainda mais as coisas. Um belo dia seu pai aparece em sua casa, depois de anos sem dar notícia. Velhos conflitos do passado voltam a tona, ao mesmo tempo em que Enzo procura dar um rumo a sua vida pessoal e profissional, além de tentar, junto com seus irmãos, resolver as tais questões de família.

Enzo sempre teve um relacionamento conturbado com sua família e o fato de seu pai tê-los deixado para viver com outra mulher agravou ainda mais as coisas. Um belo dia seu pai aparece em sua casa, depois de anos sem dar notícia. Velhos conflitos do passado voltam a tona, ao mesmo tempo em que Enzo procura dar um rumo a sua vida pessoal e profissional, além de tentar, junto com seus irmãos, resolver as tais questões de família. 

Cada Um Vive Como Quer é um livro nacional, escrito por Rodrigo Bentivenha, que conta a história de Enzo, um rapaz cheio de problemas, sendo o principal deles, a sua família, com quem infelizmente nunca se deu muito bem, por pensar e agir diferente do esperado, sendo assim a "ovelha negra".
Há cerca de 6 anos, seu pai, a pessoa com quem mais tinha problemas, abandonou sua família para ir morar com outra mulher, sumindo da vida de todos. Porém uma visita inesperada do velho Norberto, traz a tona muitas conturbações e fantasmas do passado, abalando a estrutura dos irmão Cantagagli. A partir de então, Enzo precisará colocar na mesa todos os problemas e tentar resolve-los, à sua maneira.


Preciso dizer que eu não fazia ideia da história em que mergulharia quando recebi a proposta para resenhar a obra, mas decidi pegar mesmo assim, afinal, adoro me surpreender e realmente, fiz a escolha certa, pois se tem uma coisa que eu fiquei, foi supresa!

A capa do livro foi a primeira coisa que me intrigou, pois apesar de ser bonita, não dava "dica" alguma do que eu encontraria no miolo, como a maioria das capas fazem, porém, ficou linda na minha estante, isso tenho que assumir.

Algo que me chamou a atenção nesta obra, foi a maneira como o autor tratou, ao longo de cada capítulo, alguns assuntos bem comuns do cotidiano como a educação, política, religião e claro, família sempre da sua maneira, deixando bem claro seu ponto de vista sobre cada um. Uma boa e única visão do mundo, de acordo com sua concepção.

Há também na obra, o que sem dúvida me prendeu, citações de bandas de Rock, Heavy Metal, entre outros, dando ótimas dicas para adicionarmos a nossa playlist, assim como algum eventos citados onde nosso personagem se aventurou diversas vezes, além de acontecimentos reais que marcaram nosso Brasil a pouco tempo.

A escrita de Rodrigo também merece nossa atenção, já que ele consegue falar diretamente com o leitor sem perder o ritmo em momento nenhum, tendo uma escrita simples, de fácil entendimento, sem deixar de engrandecer nosso vocabulário.

É uma obra enriquecedora, com um toque cultural incrível, que nos traz também uma boa lição, um modo melhor de ver e viver, livre, a sua maneira, sendo sempre você mesmo, não se importando com a opinião dos outros. Não guarde mágoas, não desista, não tenha preconceitos, apenas viva!


You Might Also Like

21 leitores apaixonados❣️

  1. Oi, Bruna!
    Essa capa realmente não dá nenhum sinal sobre do que se trata a obra.
    Pelo contexto, apesar de ter momentos bem conturbados, o livro parece ser paradinho. Mas como eu gosto de livros de drama, talvez eu dê uma chance. ^^
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Realmente, quando li o título não esperava que a história seria como sua resenha nos diz. Achei bem interessante e fiquei curiosa para lê-lo!

    -Nicoli Alexandre, As Meninas Que Leem Livros.

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Que legal saber que se trata de um livro nacional, já gostaria muito de poder conferir também. Adorei ler suas impressões a respeito e amei que há citações das bandas, acho demais esse detalhe, dentre outros elementos
    Beijos, Fe

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Confesso que fiquei interessado pela obra assim que me deparei com a capa, ela é bem desafiadora, como você disse ela não dá "dica" de que história vamos nos aventurar e isso me instiga muito. A trama apresentada na resenha é bem do meu agrado, gosto desses conflitos de família e que alguém tenta lidar com isso, a forma que o personagem vai lidando é muito inspirador (para mim), pois dependendo da forma nós podemos pegar exemplo se presenciarmos uma situação como a dele. Amei a resenha e adorei conhecer a obra! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  5. A questão cultural me deixou curiosa e acho que vou gostar muito do protagonista. Ainda não conhecia o livro e já estou colocando na minha lista de compras.
    http://meuamorpeloslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Essa capa não mostra muita coisa mesmo. Não conhecia o livro mas pelo que descreveu parece ser muito interessante!

    Adorei ainda mais quando falou das músicas, adoro quando o autor insere esse universo nos livros!

    Beijos!
    Jess
    www.pintandoasletras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie amore,
    Olha sendo sincera a capa do livro não me atraiu, mas o título me chamou muito a atenção.
    O fato de ser literatura nacional e trazer conhecimentos culturais me atrai ainda mais. Dica anotada!
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  8. Uhm, achei o livro interessante, ainda mais por tratar do "ovelha negra" da família. Estou cansada de livros de mocinhos, ler sobre um anti-herói é bem interessante rs Aí ainda vi que o escritor faz referências de bandas de havy metal, uau, para tudo, fiquei mais curiosa ainda. Bem, não sei quando, mas de certo irei ler este livro, ainda mais porque assuntos do cotidiano na literatura são sempre bem-vindo. Bela resenha!

    |amorlivresco.wordpress.com|

    ResponderExcluir
  9. Mais um blog apoiando autores brasileiros, isso é ótimo! <3
    Parece muito interessante essa leitura com temas do nosso dia a dia, e achei o máximo esse toque do autor de inserir letras de rock ao longo do livro hahaha É muito legal quando o autor coloca um pouco de si na ficção.

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Desconhecia a obra e fiquei bem intrigada para saber mais sobre os conflitos familiares que são abordados na obra.
    Meio que me identifico com Enzo por ter pensamentos divergentes do esperado dentro da família, sendo a ovelha negra rsrs
    Adorei conhecer um pouco mais sobre a obra e anotei a dica para futura leitura.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bom?
    Adoro quando o autor consegue nos inserir em sua história sem perder o ritmo, como é o caso desse livro, como você falou.
    Não conhecia a obra ou o autor, mas fiquei bem curiosa em lê-la ainda mais por ser culturalmente enriquecedora e por nos trazer lições importantes. Outro ponto que curti foi saber da inclusão de assuntos cotidianos em sua abordagem.
    Enfim! Adorei a dica! Espero ler em breve ^^

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  12. Oie! Tudo bem?

    Não conhecia a obra e muito menos seu autor, mas infelizmente ela não despertou meu interesse, faltou alguma coisa na proposta do livro, que fizesse com que eu quisesse realmente realizar a leitura do mesmo, mas vou deixar a dica anotada, quem sabe futuramente e lendo outras resenhas eu sinta vontade de ler o livro!

    BJss

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Não conhecia esse título, mas achei interessante a forma como essa obra é rica culturalmente falando. Esse livro parece acrescentar muito em nossa vida e gosto muito disso.
    Gostei de Enzo e achei ele bastante real.
    Vou anotar a dica.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  14. Oi, Bruna!
    Eu acho essa capa incrível! A premissa não me chama muito a atenção, mas achei muito legal as referencias de músicas ao longo do livro que você menciocou :) bjus!

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Pela capa, jamais imaginaria que era disso que a obra tratava. Acredito que nunca li nenhum livro com essa temática, e não sei se isso me chamaria ou não a atenção, mas gostei muito da sua resenha e vou deixar a dica anotada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia o livro, e, ao contrário de você, não me senti atraída pela capa.
    O livro até tem uma proposta interessante, é uma história mais real, passível de acontecerana vida real com qualquer um, mas infelizmente não me senti muito atraída pelo enredo.
    Que bom wue você curtiu! ;)

    Beijo

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia o livro nem o autor.
    Achei a capa um pouco diferente... não me chamou muito atenção.
    O enredo é interessante, mas já ficaria com o é atrás por ser um drama familiar.... Sou mais na pegada do terror... Drama me deixa meio desconfortável..
    Mas que bom que lhe foi uma boa leitura!

    Ana

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  18. Olá, fiquei olhando a capa do livro para entender mais sobre o livro. Me parece uma história com uma carga emocional muito forte quando se trata de relacionamentos familiares, fiquei bem curiosa. Bjkas

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas achei bem bacana saber que o autor consegue trabalhar muito bem a temática dele, sobre esses conflitos da família que sao bem comuns hoje em dia, e ainda conseguir falar de política, religião e outros temas super fortes.
    Dica anotada ;)

    ResponderExcluir
  20. Oi.
    Parece um enredo muito interessante e realista também, não? Uma história bem parecida aconteceu na minha família. O homem largou a família para viver com outra mulher, mas quando ficou velho e doente voltou para a esposa.
    Deve ser interessante acompanhar eventos que aconteceram recentemente no Brasil também, muitas vezes boio totalmente quando livros estrangeiros falam de um acontecimento específico.
    Gostei a anotei a dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Não gostei muito da capa, me deu uma sensação estranha...

    O tema também não me agradou muito, embora seja uma realidade em muitas famílias. Mas é bom saber que o autor consegue retratar alguns assuntos comuns e colocá-los a reflexão pelo leitor.

    E as dicas de heavy metal também devem ser muito boas, hauhua!

    Talvez eu leia, sabendo que é uma obra boa para reflexão!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Follow

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias