Resenha # O Garoto que Tinha Asas

00:14


Olá, Chuchus!
Vamos falar um pouco sobre O Garoto que Tinha Asas?


Sinopse:

"
Depois do conto de fadas protagonizado por Bárbara e Ian em O garoto dos olhos azuis chegou a hora de conhecermos a história de outro casal encantado. Augusto Bittencourt, vulgo Monstro, é um renomado médico, dono de uma carreira sólida e do hábito de dispensar uma mulher atrás da outra sem piedade. Nunca se apaixonou e não acredita que um dia irá encontrar uma mulher interessante o suficiente para mudar esse fato.
Mas o destino parecia pensar diferente e, em uma madrugada fria, ele presencia um terrível acidente de carro e conhece a garota sem nome. Uma garota que há muito tempo não sabe o que é ter um lar, se sentir segura e não precisar fugir de ninguém até que, em meio aos destroços, ela vê alguém correr em sua direção, um garoto que ela poderia jurar ter asas. Embora Augusto esteja muito longe de se parecer com um anjo, acaba por salvar sua vida. Pela primeira vez, o médico de pouco humor e muito caráter terá que enfrentar e ir contra todos seus princípios para cumprir uma promessa que não deveria ter feito e, de quebra, quem sabe, se apaixonar. Em “O garoto que tinha asas”, vamos descobrir se o príncipe encantado realmente vem montado em um cavalo branco ou se sua cor é o que menos importa em meio a uma singela releitura de A Bela e a Fera."



O Garoto que Tinha Asas é o segundo livro da trilogia “Encantados” da maravilhosa Raiza Varella. Conta a história de Augusto, o irmão babaca da Babi, e quando eu digo babaca eu não to brincando.
O livro começa pelo ponto de vista da Garota Sem Nome. Uma garota que não tem um lar nem ninguém a se agarrar exceto sua Vida. Ela vive se escondendo de alguém, pulando de lugar em lugar, até o dia em que ela é achada e não consegue mais fugir e acaba gravemente ferida em um acidente de carro causado pelo seu perseguidor.
Augusto, que havia saído de mais uma de suas transas descompromissadas e voltava pra casa numa madrugada, presencia a perseguição e o acidente da Garota Sem Nome e é quem a ajuda. Antes do socorro chegar, Augusto lhe faz a promessa de cuidar de sua Vida, que momentos mais tarde ele descobre ser um garotinho assustado sentado no banco de trás do  carro.
Ok! Até aqui eu já falei demais!
Se você leu Garoto 1 e se apaixonou pelo Ian e pela Babi, se segura porque vem cenas fofas deles e da filha linda por aí! Raiza nos presenteou com capítulos narrados pelos dois, que nos deixa matar um pouquinho da saudade desse casal maravilhoso.
Um aviso muito importante pra quem quer ler Garoto 2. O Augusto  não é um príncipe encantado gentil e maravilhoso, pelo menos não no início. Se é esse tipo de história que você deseja, permaneça no Garoto dos Olhos Azuis porque o Ian sim é um fofo. Agora se o que você quer presenciar é uma história que mostra o poder mais avassalador do amor, a transformação, corre e vai ler logo que é isso que te espera!
Houve momentos em que eu quis bater com a cabeça do Augusto em alguma parede de concreto ou dizer “Augusto, senta aqui e vamos conversar pra ver se você deixa de ser tão idiota”. Mas com o passar do tempo, bastante tempo por sinal, ele vai cedendo ao sentimento e começa a se dar conta de que embarcou no cruzeiro do amor sem passagem de volta.
O livro é repleto de mistérios sobre o passado da Garota Sem Nome e de seu filhinho, além do suspense sobre seu perseguidor.  Não existe um capítulo sequer em que o leitor se sinta entediado ou esteja ávido por um momento de ação. Em toda a leitura ficamos ansiosos seja pelo relacionamento dela com Augusto, os segredos do seu passado ou os momentos de medo que passa quando está sozinha.

Em primeiro lugar eu tenho que agradecer à Raiza por me fazer ir dormir chorando às 3 da manhã e passar todo o dia seguinte sem conseguir me concentrar em nada porque estava doida pra terminar a leitura. (Cena da clareira em diante levam os créditos por isso e vocês vão me entender quando chegarem lá.)
O Garoto que Tinha Asas chegou ao topo dos meus favoritos nacionais. É aquele tipo de história que me deixa em um luto literário quando acabo: Não  consigo processar que acabou e também não consigo partir pra uma próxima leitura. Admito que já estou lendo pela terceira vez e me apaixono mais a cada leitura.
Termino por aqui deixando meu convite para ler essa maravilhosa obra e se apaixonar mais uma vez por um Bittencourt.

Bjs e até mais!

You Might Also Like

2 leitores apaixonados❣️

  1. Menina que livro é este??? Não conhecia e fiquei bem empolgada com a sua resenha. Os mistérios já começam pelo nome da guria...
    Não li o outro livro, mas vou anotar o nome desta trilogia para poder procurar. Será meu primeiro contato com a escrita da Raiza.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. OOi!
    Se eu não me engano, o livro está entre meus desejados no skoob. Amoooo essa premissa dele, e, pelo que disse, é uma história supeeer envolvente, dessas que nos deixam com vontade de não fazer nada além de ler o dia inteiro. hahaha Adorooo!
    Espero lê-lo em breve! <3
    Beijoos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Instagram

Assine

Créditos

Template base por: Ipietoon Cute Blog Design
Modificado por: Ge Benjamim Ge - Capista, Diagramadora e Web Designer

Linke-nos

Blog Canteiro de Obras Literárias